Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

“Si no es Sol será otra plaza”

por Fernando Lopes, 3 Ago 11

[Error: Irreparable invalid markup ('<img [...] t$>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

<div class="separator" style="clear: both; text-align: center;"><a href="https://1.bp.blogspot.com/--OhpoPBMN4s/TjlYp4AJRGI/AAAAAAAAA-I/bHU8-DXFqZI/s1600/1312267048_030311_1312321759_sumario_grande.jpg" imageanchor="1" style="margin-left: 1em; margin-right: 1em;"><img border="0" height="265" src="https://1.bp.blogspot.com/--OhpoPBMN4s/TjlYp4AJRGI/AAAAAAAAA-I/bHU8-DXFqZI/s400/1312267048_030311_1312321759_sumario_grande.jpg" t$="true" width="400" /></a></div><strong><a href="http://politica.elpais.com/politica/2011/08/02/actualidad/1312267048_030311.html"><span style="color: orange;">El cierre de Sol reaviva el 15-M y lleva a 5.000 indignados al centro de Madrid</span></a></strong>

Autoria e outros dados (tags, etc)

Dar o braço a torcer

por Fernando Lopes, 12 Mar 11

Fonte: Público Online

A manifestação da "Geração à Rasca", foi, quer se queira, quer não, um  sucesso. Mobilizou, não apenas os jovens, mas muitos outros. O purgatório, sempre apoiou a manifestação mas sempre duvidou dos seus resultados. Mal ou bem está criado o rastilho de uma participação cívica na sociedade portuguesa, porque a manifestação agregou descontentamentos, e esteve muito para além do que se propunha.
Saber admitir que se estava errado também faz parte da democracia.
Chapeau, malta!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

...

por Fernando Lopes, 12 Mar 11



Tu precisas tanto
de amor e sossego
e eu preciso de um emprego
se mo arranjares
eu dou-te o que é preciso
por exemplo o paraíso
anda ao deus-dará
perdido nessas ruas
vou ser mais sincero
sinto que ando às arrecuas
preciso de galgar
as escadas do sucesso
e por isso é que eu te peço
arranja-me um emprego


Arranja-me um emprego
pode ser na tua empresa
concerteza
que eu dava conta do recado
e para ti era um sossego

Se meto os pés para dentro
a partir de agora
eu meto-os para fora
se dizia o que penso
eu posso estar atento
e pensar para dentro
se queres que seja duro
muito bem serei duro
se queres que seja doce
serei doce, ai isso juro
eu quero é ser o tal
e como tal reconhecido
e assim digo-te ao ouvido
arranja-me um emprego

Arranja-me um emprego
pode ser na tua empresa
concerteza
que eu dava conta do recado
e para ti era um sossego

Sabendo que as minhas intenções
são das mais sérias
partamos para férias
mas para ter férias
é preciso ter emprego
espera aí que eu já chego
agora pensa numa casa
com o mar ali ao pé
e nós os dois
a brindarmos com rosé
esqueço-me de tudo
com o por-do-sol assim
chega aqui ao pé de mim
arranja-me um emprego

Arranja-me um emprego
pode ser na tua empresa
concerteza
que eu dava conta do recado
e para ti era um sossego

Se eu mandasse neles
os teus trabalhadores
seriam uns amores
greves era só
das seis e meia às sete
em frente a um cassetete
primeiro de Maio
só de quinze em quinze anos
feriado em Abril
só no dia dos enganos
e reivindicações
quanto baste ma non troppo
anda, bebe mais um copo
arranja-me um emprego

Arranja-me um emprego
pode ser na tua empresa
concerteza
que eu dava conta do recado
e para ti era um sossego

Autoria e outros dados (tags, etc)

O síndroma Calimero

por Fernando Lopes, 11 Mar 11

Para acabar de vez com o síndroma Calimero dos "deolindos", dois posts lapidares.
Aqui e aqui .
Sobre isto, não digo mais.

Autoria e outros dados (tags, etc)

A manifestação da "Geração à Rasca"

por Fernando Lopes, 10 Mar 11

Por uma vez, e só por uma vez, concordo com o execrável Pacheco Pereira. De facto nunca vi a imprensa a demonstrar tanto apoio e entusiasmo a uma manifestação. Metade desta publicidade grátis e a Greve Geral de 24 de Novembro teria tido um efeito devastador. Imprensa independente? Deixem-me rir ...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Como sempre bem informado, o purgatório soube que o PCP já esgotou o stock de Restaurador Olex para poder participar na manif. do próximo dia 12. Fontes do Comité Central, alertaram o camarada Jerónimo, uma vez que, se a manifestação fosse filmada de cima, seriam mais as carecas e os cabelos brancos do que as cabeleiras fartas dos jovens. O Comité Central, desobrigou a camarada Odete Santos, uma vez que as suas cores capilares são um must, e será integrada junto dos neo-punks.
Francisco Lopes já contactou o barbeiro/desenhador de Berlusconi, que garantiu que conseguirá transformar a parca cabeleira do Xico, num desenho igual ao que o primeiro-ministro italiano ostenta na cabeça.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Contra-corrente

por Fernando Lopes, 8 Mar 11


Ao que leio, doze jovens (doze), resolveram interromper o discurso de Sócrates, para se manifestarem. A blogosfera, cheia de activistas de sofá, deixou logo quinze posts no Twingly do Público a salivarem de contentamento. Sou insuspeito de gostar de Sócrates, já o disse aqui, mas não me parece o local indicado. Sabiam que o ambiente era hostil e mais do que isso, inadequado. É de má educação interromper o jantar de alguém, dizendo que a comida está um lixo. Mas isso não se aprende na universidade, aprende-se em casa. A agitação é na rua, e na rua doze gatos-pingados não têm visibilidade nenhuma. O que vocês querem é aparecer. Manifestem-se na rua, mobilizem, não façam agitprop para TV ver. É na rua que se travam os combates, não em salas partidárias ...
Ponham os olhinhos no médio oriente.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Futuros deputados

por Fernando Lopes, 5 Mar 11



Li algures (ainda por comprovar), que os mentores do protesto "geração à rasca", são militantes do BE, PS e PCP. A ser verdade, embora tal não restrinja a sua liberdade como cidadãos, descredibiliza o protesto, e clarifica o porquê da sua tolerância com a apropriação pelos partidos do movimento.
Fixem estas carinhas, pois a curto prazo vamos tê-los como deputados da nação. Se não estão já partidarizados, o sistema rapidamente tratará de os absorver.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Partidarização esperada

por Fernando Lopes, 4 Mar 11


O purgatório, velho como é, tinha alertado para a partidarização da manifestação da "geração à rasca", aqui. Claro que todos os líderes partidários vão aparecer como "cidadãos". Garcia Pereira foi o primeiro, segue-se Jerónimo de Sousa e discretamente também aparecerá Louçã. É por isso que não vou, embora solidário com os jovens. É que, do alto dos meus 48 anos, já cheguei a uma idade em que não posso ser visto em companhias duvidosas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • M Manel

    Só agora vi a mensagem anterior - note-se que quem...

  • M Manel

    Uma ajuda... Arranja aí uma base para eu poder de...

  • Anónimo

    Não volta?!Vá lá...Escrever faz bem...e ler também...

  • Anónimo

    Que será feito do gerente desta coisa?Filipe em es...

Na boca do povo