Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A bola de berlim e o pastel de nata

por Fernando Lopes, 19 Jan 12


A bola de berlim é redonda, cheia, tão barriguda que não cabe em si o recheio. Ostensivamente exibe-o, amarelo cor do ouro, a transbordar. O pastel de nata é uma taça. Um recipiente de cremes vários, dourados pelo sol. Come-se em duas dentadas. A bola polvilhada de açúcar, espalha o branco pó à sua volta. Borra tudo. Faz merda. A nata como doce menor, pequenino e arranjadinho faz o que lhe mandam. Transforma os trabalhadores em tíbias, escanzeladas, a quem já só resta o chantili no interior. Fá-lo através de acordos de mil folhas com o respeitoso assentimento do palito de La Reine.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • Anónimo

    Que será feito do gerente desta coisa?Filipe em es...

  • Henedina

    Bom ano Fernando. Beijinho

  • Alice Alfazema

    Olá Fernando!Passei para te desejar um Feliz Natal...

  • alexandra g.

    Mexe-te, há um monte de coletes blogueiros à tua e...

Na boca do povo