Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sei que sou um tipo estranho.

por Fernando Lopes, 4 Out 16

Agora que todos os maços de tabaco contêm imagens pornográficas de mortos, pulmões, dentes estragados e o diabo a quatro, deu-me para escolher os «bonecos».

 

- Dê-me antes o que tem a senhora a cuspir sangue, o dos pulmões faz-me lembrar um talho.

 

- Olhe, pode ser o da traqueostomia.

 

Nos países em que esta medida foi implementada, algumas marcas ofereciam uma bolsa para encobrir as imagens. Em Portugal ninguém o fez. Quero o menos morte possível no meu maço de tabaco, s.f.f.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

33 comentários

De Fernando Lopes a 05.10.2016 às 18:37

Aceito isso com alguma relutância uma vez que o tal de imposto sobre o tabaco já deve estar perto dos 90% do preço de um maço. Também temos uma geração de crianças que tenderão a ficar viciados na comida de plástico, logo, futuros obesos, e nem por isso acho que seja mais importante taxar que informar. E que tal taxar a riqueza - riqueza mesmo, não a treta dos 500.000 - para ser redistributivo, em vez de policiar o cidadão? Simples, o normal cidadão não consegue ter sede fiscal na Holanda ou Luxemburgo. O resto são tretas, medidas de tostões que atingem sempre os mesmos. 


Abraço libertário. 

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • JOSÉ RONALDO CASSIANO DE CASTRO

    O Pretinho do Japão é citado, como profeta, em Ram...

  • Anónimo

    Quando a sorte é maniversa nada vale ao desinfeliz...

  • M Manel

    Só agora vi a mensagem anterior - note-se que quem...

  • M Manel

    Uma ajuda... Arranja aí uma base para eu poder de...