Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Que fizeste no fim-de-semana, Fernando?

por Fernando Lopes, 18 Mai 14

Aproveitei para apreciar a paisagem,

descobri que esta planta lá do jardim se chama lava-garrafas,

li um bocado,

e fui molhar os pés à cascata.

Autoria e outros dados (tags, etc)

8 comentários

De Efeminúsculo a 18.05.2014 às 21:32

Olá, Fernando! Desculpe não ter comentado os seus anteriores posts, não que não lesse e tivesse vontade mas senti-me "limitada" para falar sobre coisas muito delicadas e com o meu ponto de vista poderia não ser de todo bem aceite, mas ainda entrando por esse tema anterior é destes "programas" que precisamos para "abrandar" o nosso motor interno que carbura mais do que deve e se torna por vezes para nós e quem vive connosco difícil de acompanhar, perceber e aceitar. Para além de todas as complicações da nossa existência e fragilidades físicas. As imagens são espectaculares, todas as propostas espectaculares desde a simples paisagem pela janela aos pés na cascata e vir "renovado!" Achei giríssimo o nome da planta é bastante a condizer pelo que me dá apreciar. Espero que esteja bem. Todos que ama também. E muita força para lidar com o stress diário e uma vida que nos exige demais! Desculpe se mesmo assim meti "foice em seara alheia" não queria de todo ser indelicada ou estar a meter-me onde não me é de direito ou pediram opinião. A ´serio desejo-lhe(vos) a todos família uma excelente semana e tudo de MUITO BOM SEMPRE!

De Fernando Lopes a 18.05.2014 às 22:15

Minha cara, não se desculpe de nada. Comenta quando quiser, se quiser e se sentir à-vontade. No inverno as minhas raparigas abominam ir para Arcos. Como estamos 300 metros acima do nível da vila, é sempre muito mais frio ou quente. Gosto muito da «minha aldeia» e lenta mas seguramente vou estabelecendo relações com a vizinhança. A Tia Helena ofereceu-nos alface e ovos, tão grandes que parecem de peru :)

Abraço.

De Ana A. a 18.05.2014 às 21:42

Palavras para quê...

De Fernando Lopes a 18.05.2014 às 22:04

Sempre que vou lá aprendo alguma coisa. Desta vez foi o lava-garrafas, que lá está há anos, acho-lhe graça, mas não sabia o nome.

De Alice Alfazema a 18.05.2014 às 21:51

Sortudo!

De Fernando Lopes a 18.05.2014 às 22:09

Há duas semanas atrás, quando regressávamos, cruzámo-nos com um javali. Hoje cerca das 7 da tarde, voava por cima das nossas cabeças um majestoso milhafre. Qualquer dia sou uma espécie de David Attenborough do Gerês.

De Carla a 19.05.2014 às 22:42

Fartaste-te de laurear a pevide, Fernando! :D

De Fernando Lopes a 19.05.2014 às 23:52

Sou um «aldeeiro» como dizia a minha avó. Ela usava-o com o sentido de andar sempre a passear entre aldeias, eu sou-o no sentido de gostar da aldeia.

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • JOSÉ RONALDO CASSIANO DE CASTRO

    O Pretinho do Japão é citado, como profeta, em Ram...

  • Anónimo

    Quando a sorte é maniversa nada vale ao desinfeliz...

  • M Manel

    Só agora vi a mensagem anterior - note-se que quem...

  • M Manel

    Uma ajuda... Arranja aí uma base para eu poder de...