Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quando estou contigo.

por Fernando Lopes, 12 Out 14

Quando estou contigo as palavras enrolam-se-me na língua, tremo das pernas, começo a transpirar em bica. Quando estou contigo, as coisas são simples, o mar e o céu azuis, não há dúvidas, incertezas, insegurança, amanhã. Quando estou contigo a poesia não é distante, hermética, mas coisa viva, à minha frente, que me sorri. Quando estou contigo, me recolho no teu ombro e choro, todos os males do mundo são insignificantes. Quando estou contigo, estou sempre nu, porque me despes no mais íntimo da alma. Quando estou contigo sou com uma criança que se ri divertida das suas próprias tontearias. Quando estou contigo pareço um marinheiro bêbado, delirante e alegre, porque sei que vou estar contigo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

6 comentários

De bloga-mos a 13.10.2014 às 12:21

Eh lá!?

De Fernando Lopes a 13.10.2014 às 12:30

Ficção, meu caro, apenas ficção.

De bloga-mos a 13.10.2014 às 12:37

Da boa, caríssimo. Venha mais...

De Gaffe a 13.10.2014 às 14:07

Troco o meu reino por alguém que me diga tudo isto.  

De Fernando Lopes a 13.10.2014 às 14:14

A menina não seja modesta, não deve faltar quem lhe diga mais e melhor. ;)

De bloga-mos a 13.10.2014 às 14:14

EU, EU...

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback