Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Nina quer saber se você gosta dela.

por Fernando Lopes, 18 Mai 15

Recebi convite para aderir a uma rede social, Twoo. Como a pessoa de quem recebi o convite me merece consideração, fui inscrever-me naquilo que pensava se um sucedâneo do Facebook. Mensagens não li, criei um «perfil», respondi a meia-dúzia de questões da treta e olvidei.

 

Quando olho para o telemóvel tinha quatro ou cinco emails. Um dizia «Nina quer saber se você gosta dela», outra «Alice é o seu par ideal». Na primeira um rosto desfocado, na segunda uma senhora de 55 anos, cabelo em rebelião cromática e óculos à Elton John.

 

Passeei pela rede antes de apagar o meu perfil. Tipos de tronco nu e abdominais definidos, homens e mulheres com idade para ter juízo, ali expostos, desesperados para saberem se «gostam deles». Senti-me a ver um catálogo de acompanhantes de Beverly Hills, só que em mau.

 

Estranho mundo este em que os afectos são tão improváveis, que gente boa, provavelmente séria, tem de se expor em inventário para partilhar solidão, encontrar amante ou amor.

Autoria e outros dados (tags, etc)

16 comentários

De Genny a 18.05.2015 às 09:42

Bom dia, Fernando!
Estranho e triste mundo este, mesmo...

De Fernando Lopes a 18.05.2015 às 09:54

Aparentemente esta "rede de engates" usou a minha lista de endereços para enviar e-mails a todos os meus contactos. As minhas desculpas.

De Anónimo a 18.05.2015 às 10:12


Bom dia Fernando!
Coincidência! Também recebi um convite desses, de uma pessoa por quem tenho muita consideração,  ainda bem que não aderi, mas de certa forma compreendo pessoas que aderem a essas redes sociais, porque há poucas coisas piores que a solidão.
Bj
MM 

De Fernando Lopes a 18.05.2015 às 10:18

Se recebeste do meu e-mail, mil perdões e ignora. Não sabia que aquilo era uma praga.


Beijo.

De pimentaeouro a 18.05.2015 às 22:00

É difícil comentar tanto lixo... e tanta vulnerabilidade.

De Fernando Lopes a 18.05.2015 às 22:23

Mais vulnerabilidade que lixo, João. Paradoxalmente, num mundo em que tudo está próximo, os afectos são cada vez mais uma miragem.

De pimentaeouro a 19.05.2015 às 14:19

A globalização aproxima pouco e afasta muito, foi feita para os grandes negócios, não para aproximar as pessoas. As desigualdades nunca foram tão grandes e a exclusão também. O mundo virtual é o mundo do ilusório.

De Fernando Lopes a 19.05.2015 às 20:14

Todos mundos são um jogo de luz e sombra, desvelo e ocultação. Quantas vezes nos iludimos no mundo real...

De golimix a 19.05.2015 às 13:49

Também recebi um convite, aliás, já não é o primeiro.  Mas não foi de ti. Aquilo parece que é mesmo uma praga!!! Como sabia do que se tratava ficou por ali, e nunca vi as imagens que falas,  só ouvi falar sobre elas. Sabes, é triste este tipo de exposição e busca desesperada por afecto. 

De Fernando Lopes a 19.05.2015 às 20:01

Acreditas que mesmo depois de ter apagado o meu perfil continuo a receber emails? Arre!

De golimix a 19.05.2015 às 22:56

A mim também me aconteceu receber a insistência para que eu o criasse, e mails de "não sei quem" que estava interessado em encontro. Denunciei como SAPAM e lá me livrei da coisa.

De melguinha2 a 19.05.2015 às 17:45

kkkkkkkkkkkkkkkk,que cena mais ridicula,com certeza que é uma rede à qual não vou aderir,o facebook por outro lado é bem especial mas não vou lá muita vez!! Beijinhos e boa semana!!

De Fernando Lopes a 19.05.2015 às 20:04

O facebook tem quatro utilidades essenciais: trocarmos impressões com parentes distantes, reencontrar velhos amigos de liceu, ver como estão velhos(as) namorados(as) e tentar novos engates. Não é, definitivamente, a minha praia.

De melguinha2 a 19.05.2015 às 20:14

Pois,cada um tem as suas opiniões àcerca de determinados assuntos!!

De redonda a 19.05.2015 às 23:47

Isso parece muito interessante... - estou a brincar.
Mas olhando por um lado positivo, talvez alguns solitários se consigam encontrar no A. quer saber se B gosta dele/a e seria bem pior um vírus que apagasse os ficheiros todos do computador...

De Fernando Lopes a 20.05.2015 às 00:44

Solitários, gabirus e senhoras com muito para dar, ali, em mostruário, clicando por atenção. Deixa-me a pensar.

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback