Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Mustang.

por Fernando Lopes, 10 Mai 15

mustang.jpg

 

Gosto de blogues femininos. São um manancial infinito para nos retratar a nós homens. Atrás do monitor, os tiques, manias, anseios, saem como num confessionário. Procuram desesperadamente um tudo-em-um, e quando o não encontram, porque tal ser é tão mítico como um unicórnio, não desistem de o tentar transformar no que anseiam.

 

Todos fazemos cedências, todos somos moldáveis, mas alguns são mais difíceis de montar que outros. Chamemos por conveniência, a este tipo de homem a que orgulhosamente pertenço, o mustang. O mustang é um cavalo não domado e que dificilmente se deixa subjugar, está habituado a correr livre pelas planícies, a ser dono do seu tempo e espaço. É ao mesmo tempo selvagem e manso.

 

O truque para conquistar o mustang não é o olhar que gela, o beicinho infantil, a birra ou a lagrimeta no canto do olho. Conquista-se passo a passo, com amor, não o prendendo com uma cabeçada e nunca tentando não fazer dele o que não é, cavalo de alta-escola. É preciso que o mustang se sinta livre, preso apenas pelas rédeas invisíveis do afecto. A grande vantagem do mustang é que é animal monogâmico, uma vez conquistado dificilmente o verão com vontade de pular a cerca.

 

Paciência, amor, cedência, ainda mais amor e paciência e o mustang será vosso para a vida.

Autoria e outros dados (tags, etc)

6 comentários

De Gaffe a 10.05.2015 às 16:57

Não procuramos em desespero o "tudo-em-um". É muitíssimo mais interessante encontrar as peças espalhadas.

De Fernando Lopes a 10.05.2015 às 18:18

Acho interessante o conceito. Uma espécie de puzzle que se entretém a descodificar. Isso é para quem aprecia graus de dificuldade elevados, infelizmente nem todas são assim, apenas as que valem a pena. ;)

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback