Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Eu, nas palavras dos outros.

por Fernando Lopes, 22 Fev 14

Penso que me comporto quase sempre com valentia, mas o desespero está sempre perto de mim, tão perto quanto um tubarão pode estar do passageiro adormecido de um navio… uma sensação que a vida é uma vaga gigantesca, cheia de crueldade, de densa futilidade, de negra inutilidade.

 

H.G. Wells in “The Passionate Friends”

Autoria e outros dados (tags, etc)

3 comentários

De Carlos Azevedo a 24.02.2014 às 00:28

Eu também poderia subscrever essas palavras, mas, havendo tudo isso, há mais do que isso.

De Fernando Lopes a 24.02.2014 às 00:57

Há algo que nos faz mover, resistir , lutar e amar, mesmo que nos questionemos se valerá a pena.

De Carlos Azevedo a 24.02.2014 às 16:04

Porque também há beleza, bondade, generosidade; e amizade, amor, paixão. O pacote é muito diverso.

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • JOSÉ RONALDO CASSIANO DE CASTRO

    O Pretinho do Japão é citado, como profeta, em Ram...

  • Anónimo

    Quando a sorte é maniversa nada vale ao desinfeliz...

  • M Manel

    Só agora vi a mensagem anterior - note-se que quem...

  • M Manel

    Uma ajuda... Arranja aí uma base para eu poder de...