Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Em contra-mão.

por Fernando Lopes, 20 Jan 17

Como a maioria das pessoas «do meu tempo», fui educado com padrões éticos que hoje são considerados antiquados, desajustados, sem valor. O que antigamente seria gabarolice hoje é auto-estima; a compaixão é vista como uma fraqueza; o carácter como algo adaptável aos que nos rodeiam e às suas circunstâncias; a lealdade algo que se vende por bem menos de trinta dinheiros; a forma mais importante que o conteúdo. Por estas e outras, este tempo do «pós-ética» já não é o meu. O problema, se é que existe, é que algumas pessoas mais velhas embarcam alegremente nesta onda pouco recomendável para se sentirem modernos. Não ambiciono viver neste momento em que tudo é negociável, em que a integridade é algo que, como um ramo de árvore, baloiça ao sabor do vento. Assim, como um velho tonto que se enganou na entrada da autoestrada, circulo em contra-mão. A vantagem é que por muito que achem que vou no sentido errado, sei que o caminho é o que a minha consciência – algo também em desuso – me diz para seguir.

Autoria e outros dados (tags, etc)

11 comentários

De Fernando Lopes a 20.01.2017 às 23:03

Admito que seja um balanço, confesso que nunca pensei muito nisso. Balanço mas não caio, óbiste? 
Image




De lucilia a 20.01.2017 às 23:59

E estamos por aqui de passagem, imagino se não fosse -saberão???' Eu sou empática se o Fernando tiver aí um porco para me dar.....

De Fernando Lopes a 21.01.2017 às 00:02

Também eu sou empático. O que quer dizer isso do porco? Não lhe dou nenhum porco sem a garantia que não vou receber salsichas na volta. :)

De alexandra g. a 21.01.2017 às 00:04

óbi, claro, o meu mal é só o astigmatismo :P

De Fernando Lopes a 21.01.2017 às 00:07

Image

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • M Manel

    Só agora vi a mensagem anterior - note-se que quem...

  • M Manel

    Uma ajuda... Arranja aí uma base para eu poder de...

  • Anónimo

    Não volta?!Vá lá...Escrever faz bem...e ler também...

  • Anónimo

    Que será feito do gerente desta coisa?Filipe em es...