Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diabo.

por Fernando Lopes, 18 Nov 16

O diabo, dizem as escrituras, era um anjo que se revoltou e foi expulso. No fundo, um rebelde com ambições a usurpador. Toma muitas formas, existe por todo o lado, encarnado em gente com que nos cruzamos todos os dias que tem um estranho prazer em praticar o mal. Assim, sem pensar muito, reconheço meia-dúzia de diabos que, altaneiramente, ignoro. O diabo está no poder, que admira o espírito crítico desde que ele não seja exercido sobre ideias que o próprio pariu. Está no tipo que bate na mulher, no que mata um adolescente à paulada, no violador, no escroque que é nosso vizinho, no Costa lá da repartição. Por opção ou condicionamento, são seres que têm esse estranho prazer em ferir o outro de qualquer forma possível. Olha por cima do ombro e verás que existem vários na tua vida.

Autoria e outros dados (tags, etc)

10 comentários

De Anónimo a 19.11.2016 às 13:58

No que me toca, ando endiabrado comó caralho mas não faço mal a uma enzima.
Filipe protozoário 

De Fernando Lopes a 19.11.2016 às 18:08

Nem esperava outra coisa de ti. 

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • M Manel

    Só agora vi a mensagem anterior - note-se que quem...

  • M Manel

    Uma ajuda... Arranja aí uma base para eu poder de...

  • Anónimo

    Não volta?!Vá lá...Escrever faz bem...e ler também...

  • Anónimo

    Que será feito do gerente desta coisa?Filipe em es...