Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Querer mudar de vida mas ser incapaz de ter um plano.

 

Celebrar o advento da erecção matinal como se fosse a última.

 

Apreciar as pitas de 20 anos, mas ao contrário do Pinto da Costa, sentir-se sempre mais atraído pelas de trinta e muitos, quarenta e poucos.

 

Nestas, valorizar mais um coração terno que uma cabeça brilhante.

 

Achar ridículos os cinquentões de cabeleira rala que se passeiam em cabriolets com a guedelha branca a abanar.

 

Ver fortalecidas as dúvidas e abaladas as poucas certezas restantes.

 

Entender que por muito que escreva nunca serei sequer merecedor de uma crónica de um jornal de província.

 

Ir para a farra com os amigos e achar que somos como os miúdos que nos rodeiam.

 

Ver envelhecer familiares e sentir que somos «os próximos da fila».

 

Saber que o caminho a que a vida te levou não é o que sonhaste e viver bem com isso.

Autoria e outros dados (tags, etc)

9 comentários

De Carlos Azevedo a 07.01.2015 às 00:53

A da erecção matinal é um achado! :-D
Abraço.

De Fernando Lopes a 07.01.2015 às 08:10

«E pur si muove!»


Abraço.

De amaria a 07.01.2015 às 10:39

;) Ja me conseguiste colocar um sorriso na cara, numa manha caotica pelo stress de tirar gelo do carro, de as portas nao abrirem, de ficar a gelar ca fora,..enfim..

E como faço parte ja da classe dessa meia-idade  partilho inteiramente esta ultima :

"
Saber que o caminho a que a vida te levou não é o que sonhaste e viver bem com isso.


Apenas que nao vivo bem com isso,,vivo ate bastante mal..mas nesta altura ja nem quero saber se podia viver melhor,,,"

Beijinhos

 

De Fernando Lopes a 07.01.2015 às 11:34

Não estás na meia-idade. Quando se chega a esta fase, aceitámos melhor a natureza das coisas. E ânimo s.f.f.!


Beijo.

De amaria a 07.01.2015 às 12:17

Obrigada pelo "afago" :)

beijinho Fernando

Votos de um bom dia ..espero que menos frio por aí ...

 

De bloga-mos a 07.01.2015 às 12:20

De guronsan em guronsan até à ressaca final...

De Fernando Lopes a 07.01.2015 às 12:42

Guronsan, Daflon e Synalar são grandes invenções da humanidade. O primeiro permite-me beber à-vontade, os segundos abusar do picante sem demasidos danos "culaterais".

De pimentaeouro a 07.01.2015 às 23:41

Entender que por muito que escreva nunca serei sequer merecedor de uma crónica de um jornal de província. Nada de exageros. Escreve bem, não é preciso dizer-lho.

De Fernando Lopes a 08.01.2015 às 08:10

Bondade sua. Por muito que escreva raramente consigo algo que me satisfaça. 

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • Fernando Lopes

    Sempre a considerá-lo sr. dr. soliplass. Digamos q...

  • soliplass

    Ora bem vindo seja às lides blogosmáticas, que sau...

  • Fernando Lopes

    Nunca nada é linear, então no amor é melhor nem fa...

  • Fernando Lopes

    Sempre certeira, Gaffe. Por essas e outras é que t...