Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Compreender a dinâmica da coisa.

por Fernando Lopes, 22 Dez 16

Estou ao balcão da confeitaria onde tomo o pequeno-almoço. Entre e sai gente apressada, comendo uma bucha antes de ir trabalhar. A patroa sai da caixa – gosto especialmente dos patrões que raramente saem da caixa – e dirige-se a uma rapariga brasileira que está a lavar louça do pequeno-almoço:

 

- Tens de ir às mesas, olhar para quem chega, compreender a dinâmica da coisa.

 

Sorrio para com os meus botões, o mundo do trabalho é igual em todo o lado. Antigamente bastava que entendesses a fundo do que fazias e o fizesses bem. Hoje é preciso que, complementarmente, dances conforme a música que toca, se possível com um sorriso. Na novilíngua chama-se «compreender a dinâmica da coisa».

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

18 comentários

De Fernando Lopes a 24.12.2016 às 10:09

Isso implica uma coisa que não sei fazer, acordar cedo, ter calma. AVC isquémico já tive, há 11 anos que tomo uma catrefada de pastilhas, mas está tudo controlado. Tive sorte, foi ligeiro, fiquei sem sequelas. Ah, a minha mulher é farmacêutica e eu teimoso como uma mula. :)

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • M Manel

    Só agora vi a mensagem anterior - note-se que quem...

  • M Manel

    Uma ajuda... Arranja aí uma base para eu poder de...

  • Anónimo

    Não volta?!Vá lá...Escrever faz bem...e ler também...

  • Anónimo

    Que será feito do gerente desta coisa?Filipe em es...