Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Como pode um ateu sobreviver a uma missa.

por Fernando Lopes, 20 Mai 15

sit-down.jpg

 

Vou a missas em duas situações: casamentos e funerais. Não tenho educação católica, nunca fui baptizado, todos os rituais religiosos me são estranhos. Frequento estas cerimónias porque anseio partilhar a alegria dos noivos ou prestar respeito aos mortos e carinho aos seus familiares. As missas têm um ritual de levanta-senta que não é de fácil entendimento para o não habitué. Já assisti a várias em que o sacerdote fazia sinal para sentar ou levantar, facilitando a vida aos fiéis distraídos ou frequentadores ocasionais. Na última reparei num rapaz à minha esquerda que tinha a seu lado a cesta da colecta. Meu dito, meu feito. Fixei-me nele e cumpri o culto sempre com o ritmo certo, melhor que muitos católicos praticantes. O moço levantava-se, Fernando de pé. Sentava-se, Fernando sentado. Ajoelhava-se … Fernando de pé. Nas cerimónias com muitos ímpios o ideal seria a colocação de um semáforo, verde para ficarmos de pé, vermelho para sentado. Com uns bonecos personalizados a coisa ficava gira e poupavam-se uma série de embaraços.

Autoria e outros dados (tags, etc)

10 comentários

De Alice Alfazema a 20.05.2015 às 19:38

Como eu te compreendo...Image

De Fernando Lopes a 20.05.2015 às 19:49

Aquilo é coreografia só para peritos. ;)

De golimix a 20.05.2015 às 20:23

Semáforo!!! Lembras-te de cada coisa!!! Image
Já agora um teleponto para as rezas!? 

De Fernando Lopes a 20.05.2015 às 20:27

Grande ideia. Um ecrã atrás do padre com as «letras» facilitava a coisa. Pequenas inovações que embora possam chocar os mais ortodoxos, facilitavam a vida aos novatos. :)

De bloga-mos a 20.05.2015 às 22:35

Ele há gajos que escrevem merdosamente como eu e depois existes tu! Que nenhum raio te parta ou vai ter que se haver comigo...

De Fernando Lopes a 20.05.2015 às 22:52

O afecto tolda-te o espírito crítico. Imbuído do espírito cristão da posta, perdoo-te porque também sou um bocado assim, um animal de afectos.

De pimentaeouro a 20.05.2015 às 23:15

Assino por baixo... de joelhos ou sentado.

De Fernando Lopes a 20.05.2015 às 23:44

As genuflexões não fazem parte do meu modo de ser. Respeito, mas como bem resumiu Casona, «As árvores morrem de pé».

De melguinha2 a 21.05.2015 às 22:45

Eu é apenas nos funerais que vou a missas e tambem vou a missas do setimo dia e etc!! Uma coisa que eu detesto é ter que assistir a uma missa,mas,por vezes,tem mesmo que ser!!

De Fernando Lopes a 22.05.2015 às 00:03

Vou por solidariedade, não por obrigação social. 

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • M Manel

    Só agora vi a mensagem anterior - note-se que quem...

  • M Manel

    Uma ajuda... Arranja aí uma base para eu poder de...

  • Anónimo

    Não volta?!Vá lá...Escrever faz bem...e ler também...

  • Anónimo

    Que será feito do gerente desta coisa?Filipe em es...