Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Avença com a angústia.

por Fernando Lopes, 12 Ago 14

Estou numa floresta muito densa, escura, húmida. Corro a refugiar-me junto de uma enorme árvore de aspecto ameaçador cujos ramos se inclinam sobre mim como os dedos longos e finos de uma bruxa. Tenho medo, sinto-me desoladamente só. Grito para que me acudam, num timbre grave e rouco. Chamo a avó, a mãe, a minha mulher. Inútil, ninguém responde. Choro compulsivamente, até que as lágrimas, como gotas de chuva, se acumulem no queixo, um fio de baba fique pendente, os olhos me doam e saiam fora das órbitas.

 

Acordo encharcado em suor e ouço a respiração lenta e sincopada da Teresa. Estranho sonho, em que tenho medo do que está à minha volta, procuro refúgio nas mulheres que me estão mais próximas, ando perdido num labirinto de verde. Talvez uma metáfora para a vida, apenas um pesadelo, ou mais?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

9 comentários

De bloga-mos a 12.08.2014 às 12:44

Por essas e por outras parecidas é que tento dormir o menos possível. Os filmes "gore" junto aos meus pesadelos são estórias da carochinha.

De Fernando Lopes a 12.08.2014 às 13:40

Não sou nem especialmente cagarola nem particularmente corajoso, mas acordei em pânico, e tem sido frequente. Ia a um psicólogo, mas esses ainda são mais malucos que eu.

De .. a 12.08.2014 às 15:37

É bom ter sonhos desses. Melhor que sonhar que estarmos na praia. Vem o homem das bolas de Berlim e nós comemos uma, com imensa satisfação. Corria tudo muito bem, se não apanhássemos uma intoxicação alimentar que nos faz andar de calças na mão e passarmos o resto da semana a água de arroz e cenoura cozida (estou a brincar) por favor não me leve a mal Fernando! Eu também sou das que "os meus sonhos davam um filme" Uma vezes de terror que são os mais recorrentes. Outras cómico e os que gostaria mais que me "incomodassem" são os que têm bolinha, mas nunca me lembro da cor quando acordo, só fico com aquele impressão de... Ora, bolas! Para contá-los a alguém com canudo? Mas, não! Às duas por três ainda me roubavam a "patente." São mais doidos que os próprios doidos... Nã! OBRIGADO DE CORAÇÃO, Fernando! Não imagina e nem vale a pena pois sei que é uma pessoa sensível e interessantíssima como lhe agradeço por tudo. BEM HAJA! A sério. E um bom resto de semana. Devo desejar-lhe bons sonhos, ou não?! Olhe, posso deixar um conselho. Agarre-se à Teresa quando os tiver. Conte-lhe mas faça ainda a coisa mais negra e vai ver o resultado. As mulheres são muito boas. Melhores que os psicólogos a tratar desses casos! Protegem. Mimam. Dão colinho... Muitas felicidades para vocês é o que desejo! E por favor não leve a mal é mesmo a brincar. É o que faz sentirmo-nos em "casa" dos amigos de quem se gosta. Fica-se assim à vontade. Que não tem nada a ver com "à vontadinha." OBRIGADO mais uma vez!

De .. a 12.08.2014 às 15:43

E claro tinha de sair asneira. Eu juro que escrevi inteligentíssimo! Como mudou para interessantíssimo, é que gostava de saber. Se calhar foi a bruxa! Ou então fui eu que, a carregar no corrector fiz um lindo serviço. Mas pronto é mais um predicado! Sensível, inteligentíssimo e interessantíssimo. Fica muito bem!!! E já não se muda. A Teresa escusa de apanhar o comboio Imageque daqui não vem mal ao mundo, ok! Image Pelo contrário. 

De Fernando Lopes a 12.08.2014 às 16:36

O Word tem um modo de auto complete particularmente irritante. Desliguei-o por causa disso mesmo. Os predicados, agradeço, embora claramente exagerados. Nunca me lembrava dos sonhos, ultimamente recordo-me de todos e acordo exangue ou em pânico muitas vezes. Acordei e enquanto vim fumar um cigarro, escrevi este disparate. Do mal o menos, são baboseiras inofensivas. 
Image

De Ana A. a 12.08.2014 às 16:39

Pesadelos! quem os não tem?!
E pesadelos acordado? Faz parte não é? Mas a ideia de que os psicólogos são gente maluca, não estava à espera, vindo de si!
:))

De Fernando Lopes a 12.08.2014 às 16:49

Apanhei isto sobre os psicólogos do livro do Manuel Jorge Marmelo. Dedico-lhe pois este pedaço de ironia delicioso.
«Os estudantes de Psicologia que conheci em Coimbra eram todos completamente marados, se calhar ainda mais pancados do que muitos dos malucos que estão internados no manicómio. Às vezes parece que as pessoas com problemas de cabeça vão todas para Psicologia, para ver se conseguem entender as minhocas, os macaquinhos e as pancadas que têm ou para tentar substituir as suas próprias maluquices pelas maluquices dos outros.»
Image

De Ana A. a 12.08.2014 às 17:11

Ok! Não quero ser desagradável com o seu amigo Marmelo...
Gosto de posições mais fundamentadas, mas para vender livros (irónicos), acho que esta chega! :)

De Fernando Lopes a 12.08.2014 às 18:25

Infelizmente, MJM não é meu amigo, apenas um escritor que admiro. A citação é apenas uma brincadeira, nada sério, se bem que, das três psicólogas que conheço só uma tem os parafusos todos. Coincidência, ou talvez não. ;)

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • JOSÉ RONALDO CASSIANO DE CASTRO

    O Pretinho do Japão é citado, como profeta, em Ram...

  • Anónimo

    Quando a sorte é maniversa nada vale ao desinfeliz...

  • M Manel

    Só agora vi a mensagem anterior - note-se que quem...

  • M Manel

    Uma ajuda... Arranja aí uma base para eu poder de...