Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

 

Como já aqui escrevi, o futebol não me entusiasma particularmente. Também sou céptico relativamente ao prestígio que as nações contabilizam por ganhar ou perder campeonatos. Não sendo conhecedor do jogo, admito que nas actuais circunstâncias, o peso político destes confrontos possa ser maior que o habitual. Custou perder com a Alemanha. Porque jogamos melhor e por ser a Alemanha. Amanhã, pela primeira vez neste Europeu, irei seguir um jogo com a maior atenção. Esperando que a Grécia, de algum modo, vença. Como diria João Pinto, capitão do meu F.C.P. e conhecido pela eloquência, "o meu coração só têm uma cor: azul e branco".

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

Portugal devia jogar todos os dias

por Fernando Lopes, 13 Jun 12

 

de manhã e à tarde. A maravilha que é percorrer uma cidade sem trânsito vale bem o sacrifício de aturar patriotismo bacoco. Hoje não houve crise, fome, desemprego. Fico feliz por Portugal ter ganho, mas não são 11 marmanjos a correr atrás de uma bola que fazem a imagem de um país. Perguntem à Espanha, campeã do mundo e da Europa quanto é que isso vale para as agências de rating. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Dog Thowing Up

 

23:45. Após estar a trabalhar (em casa) e a consultar alguns dos meus blogues e sites favoritos, quero ver um debate, notícias, alguma informação. Impossível. SICN, TVI24 e RTP Informação estão a analisar o corte de Cristiano Ronaldo, a marca de boxers de Nani, a interpretar as tatuagens de Raul Meireles. Partiu para a Polónia um bando de excursionistas azeiteiros, que alguém acha que me representam. Vão lá jogar à bola. Serão "a selecção da triste figura". Pouco me importa. Incomoda-me este regresso aos 3 efes, a transmissão live de Fátima, a histeria com o fado como património mundial, e, agora, o patriotismo em calções. Com níquel. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

o puto que se chama Messi

por Fernando Lopes, 10 Mai 12

Enquanto caminho para o parque de estacionamento, o puto corre à minha frente, bola colada ao pé, driblando adversários imaginários. Tropeça num buraco, cai e logo se levanta.

- Precisas de ajuda?
- Na, não foi nada.
Brilham uns olhos cinzentos vivos e um pingo de ranho escorre pelo nariz.
- Vais jogar à bola?
- Vou práli para trás do bairro ter com os meus amigos.
- Jogas bem?
- Ó chefe, tenho um pezinho igual ao do Messi. Você ainda me vai ver na televisão.
- bem. E na escola, controlas?
- Quê? Não sou nenhum otário, sei ler, escrever e matemática. Mas a escrever dou muitos erros.
- É bom que estudes alguma coisa, para o caso de não te safares como futebolista.
- Ó senhor já lhe disse que me vai ver a jogar. Na televisão. Tchau!
- Tchau!


Que posso eu dizer a um miúdo que sonha ser o Messi, sem soar a  paternalismo ou parvoíce?

 

- Ah, e boa sorte, puto!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

Campeões!

por Fernando Lopes, 29 Abr 12

 

Dedicado à Dalila e Xana, duas portistas dos quatro costados.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

ambos os dois

por Fernando Lopes, 24 Mar 12

Adoro as conferências de imprensa de Jorge Jesus. É o único que consegue proferir "ambos os dois, como se diz, tiveram um contacto". De notar que a dúvida insinuada é relativa à palavra contacto. Angústias do acordo ortográfico. Até a traineira espinhense que atracou sem saber como para os lados do Dragão consegue ser mais eloquente.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

O Villas-Boas parte? Outro virá!

por Fernando Lopes, 20 Jun 11


Desconfio sempre das juras de amor eterno. Mas se Villas-Boas partir, outro virá. No F.C. Porto qualquer um se arrisca a ser campeão. Não o foi por três vezes Jesualdo?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

Do lado errado do Rio ...

por Fernando Lopes, 19 Mai 11

Uma vez mais, Rui Rio alheia-se de uma dais maiores marcas da cidade. O Futebol Clube do Porto. Se a cidade é conhecida além-fronteiras tal facto não se deve a Rui Rio, mais principalmente ao seu vinho, à sua beleza e ao seu principal clube de futebol. Sabiamente os portuenses ignoram este personagem. E quando têm de festejar, fazem-no, com ou sem Rui Rio, com a Câmara Municipal aberta ou fechada. A cidade e o clube são muito maiores que a mesquinhez do seu presidente. Não ambicionam frequentar os corredores do poder e adquirir nova pronúncia passados quinze dias de exposição ao vírus do poder. Querem apenas ser felizes e celebrar a vitória do seu clube e da sua cidade. A esta hora está Rio a mudar de canal, na sua casa em frente ao cemitério de Agramonte. Não consigo pensar em lugar mais adequado para residência deste sinistro personagem. Muito depois deste medíocre autarca ter desaparecido da  política o F.C. do Porto ainda celebrará as sua vitórias. Esquece-se Rio de que os homens passam e as instituições ficam.

P.S.- Depois de escrever este post, noto que Marmelo também reflectiu sobre o tema. Muito melhor do que eu. É lê-lo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Era uma Taça de Portugal sff!

por Fernando Lopes, 18 Mai 11


Futebol vivido com amigos vimaranenses, não sei bem porquê, hoje tão portistas quanto eu. Sem a emoção de jogar contra um grande europeu, o Braga provou que os pequenos também se agigantam. Amigos, amigos, negócios à parte. Era uma Taça de Portugal para o F.C. do Porto, sff !

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

pronúncia do norte

por Fernando Lopes, 5 Mai 11

Uma final europeia com pronúncia do norte. E foi bonito ver os adeptos do Villarreal a apoiar a sua equipa mesmo sabendo que estavam eliminados. Que em Dublin haja igual desportivismo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

subscrever feeds