Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

o pardal

por Fernando Lopes, 13 Jul 11

A hora de almoço é agora diferente. Todos os dias sou visitado por um pardal. Selecciona criteriosamente a comida que lhe lanço. Arroz leva para o ninho. Pão e respectivas migalhas são comidas ali mesmo. Todos os dias, à mesma hora. Já o ano passado, pelo início do verão, tinha cumprido este ritual. Tornou-se pássaro de estimação. Estranhos mecanismos os da memória animal.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

3 comentários

De Fenix a 13.07.2011 às 21:01

Fernando,

Não me diga que com a austeridade já passou a levar a lancheira de casa com o almoço para o banco de jardim!!! :)


Bem, este ano pela páscoa na Suíça vi montes de gente com muito bom aspecto, nas imediações da nestlé a comer o seu almocinho nos parques junto ao lago...e que bem que lá se estava!


Abraço
Ana

De Fernando Lopes a 13.07.2011 às 21:39

Não! Ainda ... Almoço de verão ou inverno numa esplanada coberta. Mas sem preconceitos. Muito boa gente leva sandwiches e saladas de casa.
O que me fascinou é que acho que o(a)pardal(a)é o mesmo do ano passado. Têm o ninho no mesmo sítio e só pede aos convivas habituais. Se estiver gente estranha vem para a nossa beira. Como é que um cérebro tão pequeno, distingue locais e pessoas passado um ano ... Achei fabuloso!! :)))

Abraço,
Fernando

De Fernando Lopes a 13.07.2011 às 21:52

Tem e não Têm ...

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback