Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

formigas

por Fernando Lopes, 26 Jan 12

Desempregado, mal amado, sem filhos por quem lutar, apoderou-se dele uma melancolia sem fim. Não aquela dos poetas, inspiradora e catártica, antes uma modorra que lhe destruía a vontade. A sua vida fora um fiasco. Um casamento falhado, profissional substituído por jovens com novos métodos e novos saberes. No sofá de orelhas, desgastado pelo tempo, sentiu-se medíocre, pequeno, prescindível. Olhou para a garrafa de whisky e para os comprimidos e sorriu. Bebeu até chegar a um estado de torpor. Encheu a boca de comprimidos e bebeu um longo golo. D. Emília, a mulher a dias, encontrou-o dias depois, na limpeza semanal. A garrafa vazia e tombada, o corpo rígido, a TV ainda ligada. O jornalista falava sobre um engarrafamento que adiava a chegada de milhares de formigas operárias ao local de trabalho.

Autoria e outros dados (tags, etc)

6 comentários

De HORIZONTE XXI a 26.01.2012 às 12:18

De certa forma antes fossemos formigas, o pior é que somos gado, "concentrado" num modo de produção.

Abraço livre.

De Fernando Lopes a 26.01.2012 às 13:10

De certa forma, ambas as analogias são boas. As formigas organizam-se por castas e trabalham com o fito último de proteger a rainha e as larvas (futuras operárias). Se pensarmos bem, também elas são uma espécie de "gado".

Abraço livre e solidário

De bibónorte a 26.01.2012 às 18:58

Cada vez mais "gado" e cada vez mais situações iguais à que descreveu.
Abraço

De Fernando Lopes a 26.01.2012 às 19:21

bibónorte,

Esta é pura ficção. O que não significa que não possa ter acontecido. Ocasionalmente faço umas "estórias" mal amanhadas que classifiquei como histórias da treta. Como dizia o outro, tenho um péssimo ficcionista aprisionado dentro de mim. ;-)

Abraço,
Fernando

De Anónimo a 30.01.2012 às 21:50

Fernando
Um desempregado com mulher a dias???
Very suspicious
Palas

De Fernando Lopes a 30.01.2012 às 21:57

Alguém tinha de o encontrar! ;-)
Além disso era um desempregado recente, ainda tinha fundo de maneio, foi antes de nos porem com 12 meses de indemnização, hehehe

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • JOSÉ RONALDO CASSIANO DE CASTRO

    O Pretinho do Japão é citado, como profeta, em Ram...

  • Anónimo

    Quando a sorte é maniversa nada vale ao desinfeliz...

  • M Manel

    Só agora vi a mensagem anterior - note-se que quem...

  • M Manel

    Uma ajuda... Arranja aí uma base para eu poder de...