Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

morituri te salutant

por Fernando Lopes, 10 Mai 11

Do debate Portas-Sócrates de ontem, ficou-me na essência o número circense de Sócrates, a mostrar a pastinha vazia quando se referia ao programa do CDS. Fiquei também a saber que Portas é poupadinho em relação a Sócrates porque cada submarino só representa 0,5% do endividamento futuro das PPPs. Dois grandes entertainers, cada um a tentar tirar um coelho maior e mais gordito de tão grandes cartolas [ou a afundar Coelho até que este desapareça]. Que a nossa política [e consequentemente os nossos políticos] funciona(m) pelo mínimo denominador comum, já todos nos tínhamos apercebido. Depois da "barbaridade da semana", quiçá do milénio que foi o camarada Louçã a apelar aos votantes dos CDS e do PSD, posso concluir que de artistas de circo já estamos servidos. Que entrem as feras ... morituri te salutant

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

2 comentários

De Fenix a 10.05.2011 às 19:57

Desolador, caro Fernando!

Quanto aos eleitores mudarem o sentido de voto, acho que era o mais normal, fosse ele para que lado fosse...ou será que vamos navegar nestas águas de alternância, ad eternum!

Abraço
Ana

De Fernando Lopes a 10.05.2011 às 20:22

Ana,

Desolador é uma boa caracterização. O mais grave de tudo, é que os partidos sem assento parlamentar não são, de facto, alternativa, pois dificilmente conseguirão eleger um único deputado.
No meu caso, é votar pelo mal menor, sem a mínima convicção. Quantos portugueses não estarão nas mesmas condições?

Abraço,
Fernando

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • JOSÉ RONALDO CASSIANO DE CASTRO

    O Pretinho do Japão é citado, como profeta, em Ram...

  • Anónimo

    Quando a sorte é maniversa nada vale ao desinfeliz...

  • M Manel

    Só agora vi a mensagem anterior - note-se que quem...

  • M Manel

    Uma ajuda... Arranja aí uma base para eu poder de...