Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A democracia já não mora aqui

por Fernando Lopes, 3 Nov 11

No meio de toda a turbulência grega, ressalta o medo do povo. Esta farsa de democracia, que renega a sua origem etimológica, será levada até ao fim. Os gregos não serão ouvidos porque urge salvar os bancos da catástrofe anunciada. Bancos alemães e franceses, mas também americanos. O ruído é criado para que nada nem ninguém possa ouvir. Merkel e Sarkozy tocam a música que os senhores da finança mandam. Com ou sem esgotamentos à mistura.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

4 comentários

De Moriae a 03.11.2011 às 22:30

... resta-nos ser solidários com os gregos e connosco tb! Mas eles têm sido mesmo muito valentes!

Boa noite, Fernando!

De Fernando Lopes a 03.11.2011 às 22:38

É um tiro na democracia. É por estas e por outras que cada vez mais me convenço da inutilidade do voto. Só se sufraga o indiferente, o fundamental são as cabeças pensantes que decidem. Pelo menos tenham a sinceridade de dizer que vivemos em semi-democracia.

Boa noite! Zzzzzzzz

De HORIZONTE XXI a 04.11.2011 às 22:25

Referendo na Grécia?
Quê?
Dar a palavra ás pessoas?
Deixar os cidadãos decidir o caminho a seguir?
Abrir a possibilidade de ter de cumprir a decisão dos cidadãos?
Nem pensar!
Ainda lhes passa pela cabeça que possam ser livres e depois? Quem contribui com o suor?

Para quem tinha dúvidas sobre a qualidade das democracias actuais, aí está!

De Fernando Lopes a 04.11.2011 às 22:33

Horizonte XXI,

Subscrevo inteiramente a tua ironia. Isto de dar a palavra ao povo é muito imprevisível.

Abraço,
Fernando

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • JOSÉ RONALDO CASSIANO DE CASTRO

    O Pretinho do Japão é citado, como profeta, em Ram...

  • Anónimo

    Quando a sorte é maniversa nada vale ao desinfeliz...

  • M Manel

    Só agora vi a mensagem anterior - note-se que quem...

  • M Manel

    Uma ajuda... Arranja aí uma base para eu poder de...