Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Pensamento do dia

por Fernando Lopes, 16 Fev 11

Ocorreu-se-me este pensamento:


As revoluções, a economia, o amor e tantas outras coisas na vida, são como os pénis. São maiores os períodos refractários do que os de dilatação.


Agradeço os comentários e opiniões de quem a tal se dispuser. Quem sabe se, juntos, faremos história, comparando a anatomia humana e e os seus estádios com a vida em geral.

Autoria e outros dados (tags, etc)

4 comentários

De Fenix a 16.02.2011 às 20:22

Fernando

Boa comparação.

E considerando que na dilatação existirá um estado alterado de consciência (tal como na embriaguez), devemos aceitar o período refractário como um período de reflexão e aproveitá-lo para a produção de estímulos que nos conduzirão ao "pico"!

Abraço
Ana

De Fernando Lopes a 16.02.2011 às 20:41

Ana,

Hesitei muito em publicar esta comparação, que com facilidade se confunde com mau gosto.
Com amigos assim, é um prazer escrever disparates.

Obrigado.
Fernando

De O abominável careca a 16.02.2011 às 21:49

Se as revoluções, a economia e o amor têm períodos refratários mais longos q os de duração só se me ssurge uma solução e esta de cariz prolongado: É dar-lhe a tomar n um mais dois viagras pr prolongar o bem estar geral!!!
Deste sempre "hirto" ...:)

De Fernando Lopes a 16.02.2011 às 21:58

Abominável,

O que seria eu sem ti!! Se não podes vence-los, ri-te deles ...

Abraço,
Fernando

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • JOSÉ RONALDO CASSIANO DE CASTRO

    O Pretinho do Japão é citado, como profeta, em Ram...

  • Anónimo

    Quando a sorte é maniversa nada vale ao desinfeliz...

  • M Manel

    Só agora vi a mensagem anterior - note-se que quem...

  • M Manel

    Uma ajuda... Arranja aí uma base para eu poder de...