Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dar o braço a torcer

por Fernando Lopes, 12 Mar 11

Fonte: Público Online

A manifestação da "Geração à Rasca", foi, quer se queira, quer não, um  sucesso. Mobilizou, não apenas os jovens, mas muitos outros. O purgatório, sempre apoiou a manifestação mas sempre duvidou dos seus resultados. Mal ou bem está criado o rastilho de uma participação cívica na sociedade portuguesa, porque a manifestação agregou descontentamentos, e esteve muito para além do que se propunha.
Saber admitir que se estava errado também faz parte da democracia.
Chapeau, malta!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

8 comentários

De Fernando Lopes a 12.03.2011 às 22:29

Emanuel,

Sempre fui cínico em relação a esta manifestação. Nunca, que me lembre, houve um apoio tal dos media a uma manifestação. Mas o apoio dos media foi ultrapassado pela necessidade das pessoas se manifestarem.
Os organizadores de um protesto de cariz geracional, foram ultrapassados pelos acontecimentos. Aquilo foi um país à rasca que saiu à rua, não uma geração.
Enganei-me. Há que aceitar quando nos enganamos. Democraticamente.Só espero que este movimento seja mais e mais abrangente e signifique o início de uma participação cívica activa de todos os portugueses, e não se esvazie do que é mais importante. Este sistema não serve. Estes partidos não servem, nem o povo, nem o país.

Abraço,
Fernando

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • JOSÉ RONALDO CASSIANO DE CASTRO

    O Pretinho do Japão é citado, como profeta, em Ram...

  • Anónimo

    Quando a sorte é maniversa nada vale ao desinfeliz...

  • M Manel

    Só agora vi a mensagem anterior - note-se que quem...

  • M Manel

    Uma ajuda... Arranja aí uma base para eu poder de...