Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

coisas porque vale a pena lutar

por Fernando Lopes, 21 Jan 11


Tenho este CD desde que saiu em 1993. Tal como Gary Clail, continuo a achar honestidade, dignidade e amor-próprio são coisas pelas quais vale a pena lutar.
Chamem-me ingénuo ...




one law for the rich and another for the poor,
like a love that's worth smashing down doors-
one law for the rich and another for the poor,
(theese things are worth fighting for)
when I look into the face of those I adore
(theese things are worth fighting for)
and I hear a voice within me roar...
one law for the rich and another for the poor
like a love that's worth smashing down doors,
(no longer!)one law for the rich and another for the poor
(theese things are worth fighting for)
when I look into the face of those I adore
(theese things are worth fighting for)-and I hear a voice within me roar(theese things are worth fighting for...)
honesty-dignity-self respect(are worth fighting for)
I bet you don't talk to your neighbors no-more...
I hope...I hope...I hope for so much more
call me naive,but I hope...I hope...I hope for so much more
those responsible for crimes against this world must be held accountable,no longer,no longer-one law for the rich and another for the poor-it's UNACCEPTABLE!
to unite,for justice and equality for all
(theese things are worth fighting for)
when will we see the trials of the REAL criminals?
(theese things are worth fighting for)
when I look into the face of those I adore
and I hear a voice within me roar-honesty, dignity,self-respect-are worth fighting for...!

Autoria e outros dados (tags, etc)

4 comentários

De Margarida a 21.01.2011 às 10:08

Não posso concordar mais contigo nestes valores em que acreditas! O que mais me custa é que passamos uma vida a indignar-nos, sem ter o poder de alterar as coisas. E não me venham com a cantiga de que “está nas nossas mãos”! Não está, não senhor! Até podemos ter a força da revolta, e o “senhor que se segue” prometer muito, mas é igual ou pior, depois que se habituar ao vício do poder. Lembra-me, por comparação, quando se diz que quando se apanha um traficante, entram logo outro para o seu lugar! infelizmente o dinheiro anda a par com o poder e, com eles, a injustiça! Talvez seria mais produtivo criar “campos de desintoxicação de poder” ! ;-)

De Fernando Lopes a 21.01.2011 às 10:59

Tá aí uma ideia a seguir.
"campos de desintoxicação de poder" é uma excelente ideia!!

Resta-nos a resistência, passiva para os pacifistas ou activa para certos e determinados tipos que eu conheço. ;-)

De Fenix a 21.01.2011 às 23:34

Fernando

Ingénuos são aqueles que pensam que o "Statu quo" se pode manter "ad eternum"...

De Fernando Lopes a 21.01.2011 às 23:44

Ana,

Hesitei muito na tradução de self-respect, porque não existe nenhuma palavra tão abrangente em português.
Self-respect é simultaneamente, auto-estima, amor-próprio e auto-respeito no sentido de nos respeitamos como ser humanos e individuais.
Á Ana e aos restantes amigos que me lêem agradeço se encontrarem termo mais apropriado.

E como dizia o outro "deixem-me sonhar" ...
Abraço
Fernando

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • JOSÉ RONALDO CASSIANO DE CASTRO

    O Pretinho do Japão é citado, como profeta, em Ram...

  • Anónimo

    Quando a sorte é maniversa nada vale ao desinfeliz...

  • M Manel

    Só agora vi a mensagem anterior - note-se que quem...

  • M Manel

    Uma ajuda... Arranja aí uma base para eu poder de...