Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Que andas a ler, Fernando?

por Fernando Lopes, 28 Dez 13

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

21 comentários

De Ricardo a 28.12.2013 às 23:53

Que andas a ler Ricardo? :)

De Fernando Lopes a 29.12.2013 às 03:13

Até nisso caminhamos lado a lado. Quase por certo fomos separados à nascença.

De henedina a 29.12.2013 às 02:03

Contos, gosto deles mais em blogues. Em livro prefiro que não sejam contos, mesmo que sejam de loucura normal. Ainda não li. Os empregados de escritório têm tempo para ler, é? O PPC vai tratar disso.

De Fernando Lopes a 29.12.2013 às 03:20

Longos são os dias, intermináveis as noites. Aí até os amanuenses preservam o seu momento para a leitura. Já agora, os contos são um tipo de literatura altamente subestimado. Leia "Os Lindos Braços da Júlia da Farmácia" de J. Rentes de Carvalho, "Cemitério de Elefantes" de Dalton Trevisan , ou estes de Bukowski e mudará de opinião. É a síntese da escrita, depurada de artifícios.

De henedina a 29.12.2013 às 03:31

Só há 2 coisas que realmente nos envelhecem, sol a mais e não dormir. Durma.

De Fernando Lopes a 29.12.2013 às 03:46

Quem prega a boa palavra está acordado às 3.46 da manhã?

De henedina a 29.12.2013 às 10:47

Sou como os padres,... olha para o eu digo não olhes para o que eu faço.

De henedina a 29.12.2013 às 12:02

E, uma outra, que no seu caso é como pôr o fogo ao pé da palha.
"Vive em liberdade, não te prendas ao tabaco".
Este é mesmo original, tem direito de autor, é um slogan de um cartaz meu(equipa) para adolescentes.
Senhor adolescente, se ainda está preso, desprenda-se senão em fevereiro vai fazer 61 (envelhece 10 anos).
Durma, faça exercício, não fume, afinal não é preciso estar casada para me tornar uma mulher chata. :)
Quando beber a cervejinha gelada ou o alvarinho, comer fora, faça-o com prazer mas faça exercício. Não trabalha das 8h as 22h no fds, a sua filha pode ir de bicicleta e a sua mulher corre consigo, se é dos fraquinhos que não consegue fazer as coisas sem companhia. Suba pelas escadas em vez do elevador. Organize-se. Coma sempre em casa sopa a começar o almoço e jantar (e se volta a dizer que sou a Roquette...). Pelo FCP, não faz isto? Já que por si acha que não vale a pena. O tabaco e o excesso de peso envelhecem as arterias. Sabe como eu convenço os adolescentes não é com AVC ou enfartes...quer que lhe faça um desenho?...Pergunte a sua mulher se ela não agradece que faça exercício (não, não é o óbvio, é a mais longo prazo, artérias). Ups! Não chamei nada a sua mãe mas estou a pôr-me, já, em risco. A vida só vale a pena ser vivida se fizermos, pelo menos, em alguma parte tudo o que nos apeteça. (não responda que é comer um avc vai impedi-lo de sair, de ser autonomo, se eu fosse homem a minha barriga ficaria lisa e não seria só para me manter na conquista).

De Fernando Lopes a 29.12.2013 às 16:02

As mulheres têm a obsessão de transformar os homens, mesmo aqueles que não conhecem. Não cessa de me espantar esta inata característica feminina. :)

De henedina a 29.12.2013 às 17:29

Seja sage. Ninguém muda ninguém.

De henedina a 29.12.2013 às 03:37

Agora sim este seu foi pelas razões atrás evocadas. E, como eu disse que no meu caso achava que não era, reli e lá diz quem diz que não, mente. Ups!

De Fernando Lopes a 29.12.2013 às 03:48

Hu?! Isto deixou-me tão baralhado que vou dormir.

De henedina a 29.12.2013 às 10:59

Se resultou e foi dormir, teve o efeito terapêutico desejado ;)
Saí para jantar com a minha família e depois teve dança (fraquita, mas...). Gosto de dançar. A pares julgo que não sou boa. Não pratico, tenho (ou dou?!)poucas oportunidades, mas sozinha, logo que esqueça que alguém possa estar a olhar, dizem que danço muito bem. Sou capaz de dançar... até que a "voz" me doa.

De Anónimo a 29.12.2013 às 17:32

Que andas a ler, Henedina?
A sentinela. Richard Zimler.
Vou deixar de ser uma força da natureza e começar a portar bem ;)

De henedina a 29.12.2013 às 17:33

É tão pouco habitual que até saio anónima, ehehehe.

De alexandra a 03.02.2014 às 18:01

Já lá vão uns anos ofereceram-me um livro de Bukowski, "Mulheres". Li-o rapidamente. Para mim era novidade, pois nunca lera nada seu. Mas aqui, já não seria capaz de lê-lo uma segunda vez. Demasiada intensidade para mim, ha ha.

De Fernando Lopes a 03.02.2014 às 19:25

Temos o Luiz Pacheco, uma personagem bastante mais radical que Bukowski. Pacheco, sim, é intenso. :))

De adamastore a 03.02.2014 às 19:53

Darei uma olhada a Luiz Pacheco.

De alexandra a 03.02.2014 às 19:58

Despistei-me com o meu nome. E isso que ainda não comecei a ler a Luiz Pacheco, ha ha.

De Fernando Lopes a 03.02.2014 às 20:13

Como sou uma excelente pessoas, mando-te um link para uma obra-prima. :)
http://www.pervegaleria.eu/PerveOrg/Surrealismo/montagem%20livro_demo.pdf

De alexandra a 03.02.2014 às 20:26

Que bem! Obrigada, Fernando.

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • Fernando Lopes

    Estás esta miudagem a provocar os mais velho! ;)

  • Fernando Lopes

    Não sinto isso, a sério. 

  • Anónimo

    Orgulho nos cinquenta que são mesmo cinquenta e a ...

  • MJ

    Mas pode ser um pesadelo!