Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Eu cá não preciso de dia de reflexão.

por Fernando Lopes, 28 Set 13

Até porque os candidatos elegíveis na cidade do Porto vão do muito fraquinho ao abaixo de cão. Uma cidade onde os eleitores dão a possibilidade a Rui Moreira de ser eleito, merece, no mínimo, quatro bombas iguais às de Hiroshima logo após os resultados eleitorais. Põe-se um clone de RR no poder. Afinal a única coisa que este fez de errado foi não deixar o F.C. Porto subir à varanda da câmara quando se sagra campeão. Vão-se  foder, concidadãos!  Mas irei votar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

6 comentários

De O Abominável Careca a 28.09.2013 às 21:18

Boas noitinhas,

Realmente votar no Porto é tentar escolher entre o mau e o péssimo embora em Matosinhos as escolhas são também elas de "bardar aos céus"!
E relembrando os nossos amigos anarcas convém não esquecer a velha máxima..." O voto é a arma do povo se votas ficas desarmado"...
E amanhã falamos para comentar o saudoso fim deste carnaval fora de época!

Um abraço e bom fim de semana!

De Fernando Lopes a 28.09.2013 às 21:44

"A liberdade de voto permite que você escolha o molho com o qual será devorado"
Eduardo Galeano

De golimix a 29.09.2013 às 18:10



Sabes que às vezes não sei o que vou fazer ao votar?
Eu já explico, não te assustes.
Mas é assim. Não goto dos nossos políticos, se bem que nas Autárquicas, a coisa fica um pouco diferente, mas a certeza é que começo mesmo a achar isto tudo uma palhaçada. Um dos candidatos, que por acaso conheço, e tenho em boa muito boa conta, estava à entrada das zonas de voto a "ajudar" quem ainda estaria na dúvida, ou que precisaria que lhe dissesse onde fazer a tal cruzinha com a ajuda de uma cábula. Será que isso se deve fazer? Noutra regiões vão buscar os velhinhos de carro, e claro fornecer-lhes uma ideia bem vendida. E compram tudo! E por aí vai.

Acabo por achar que o meu voto não vale nada! Acabam por ir lá sempre parar os mesmo. SEMPRE.

De Fernando Lopes a 29.09.2013 às 19:05

Compreendo-te perfeitamente, mas o que descreves é uma ilegalidade que se deveria comunicar à CNE . Essas cábulas são propaganda eleitoral. Como tenho mau-feitio se visse isso agarrava-me ao tipo como uma lapa e tinha logo direito a telefonema para o 112. Não ia adiantar a ponta de um corno, mas não voltava a repetir a graça.

De alexandra a 01.10.2013 às 18:16

Uf ...com a falácia da liberdade de voto. Ë terrível como funciona esta sociedade. Com toda a experiência andada em sermos governados ora pela direita ora por um socialismo classicista e corrupto, para acabar, efectivamente, por ir lá sempre parar o mesmo. Ë lamentável, como é lamentável já à partida, as desvantagens existentes entre os concorrentes. Apesar de tudo, só não votei chegado o dia, porque não pude. Aqui tampouco precisaria de reflexão, simplesmente por saber em quem não voto, de nenhuma maneira.

De Fernando Lopes a 01.10.2013 às 20:41

Também votei, Alexandra, e o critério foi simples: seriedade e estarem mentalmente preparados para exercer a vereação, cargo digno e de relevo, votado ao abandono por arrivistas como Menezes ou Amorim em Gaia. Não saber perder, não exercendo o mandato para que se foi eleito, não é ignorar o próprio eleitorado?

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • JOSÉ RONALDO CASSIANO DE CASTRO

    O Pretinho do Japão é citado, como profeta, em Ram...

  • Anónimo

    Quando a sorte é maniversa nada vale ao desinfeliz...

  • M Manel

    Só agora vi a mensagem anterior - note-se que quem...

  • M Manel

    Uma ajuda... Arranja aí uma base para eu poder de...