Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Trovoadas de Verão.

por Fernando Lopes, 30 Ago 13

Quando era criança e jovem, existiam trovoadas de Verão. O ar ficava denso, pesado, apareciam nuvens escuras, trovejava e chovia desalmadamente durante algum tempo. A chuva fria na terra quente emitia pequenos focos de vapor, pairava no ar um cheiro indescritível a terra húmida, um perfume da natureza. Esse fenómeno desapareceu. Hoje, não sei bem porquê, senti-lhe a falta.  

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

5 comentários

De Ana A. a 30.08.2013 às 23:45

Esse fenómeno não desapareceu, porque ainda não há muito tempo senti-o com a minha filha (também adoramos esse cheiro)!

Certamente desapareceu do seu alcance olfactivo porque o Fernando passa mais tempo no escritório e no alcatrão, do que eu.

Quando inventarem fotos com cheiro, mando-lhe. ;)

Abraço

De Fernando Lopes a 31.08.2013 às 00:36

Tem razão, Ana, passo o tempo fechado no carro, no escritório ou em casa. Ao fim-de-semana o tempo é todo a dormir, para recuperar forças para a semana seguinte. É uma vida muito estúpida. Sabe do que me recordo além do cheiro? As primeiras gotas da chuvada a caírem no asfalto ou cimento. Faziam um barulho de "fritar" e uma minúscula nuvem de vapor. Adorava esses segundos iniciais da chuvada.

Abraço.

De golimix a 31.08.2013 às 17:17

E como eu gosto de uma boa trovoada de Verão!!!

Mas não acabaram! Só não estão é ao alcance de todos os narizes

De Fernando Lopes a 31.08.2013 às 18:04

Por onde é que eu tenho andado que desapareceram as trovoadas ?

Bom regresso.

De golimix a 01.09.2013 às 11:05

Com demasiado betão à volta?

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • Fernando Lopes

    Sempre a considerá-lo sr. dr. soliplass. Digamos q...

  • soliplass

    Ora bem vindo seja às lides blogosmáticas, que sau...

  • Fernando Lopes

    Nunca nada é linear, então no amor é melhor nem fa...

  • Fernando Lopes

    Sempre certeira, Gaffe. Por essas e outras é que t...