Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Famiglia.

por Fernando Lopes, 14 Jun 13


"Família Mello, Família Mota, Família Espírito Santo. Mais de 90% das PPP vão directa ou indirectamente para estes três grandes grupos."


Una famiglia, nel gergo della criminalità mafiosa, è un'organizzazione criminale, a capo delle quali vi è un capofamiglia, detto in lingua inglese boss.

Autoria e outros dados (tags, etc)

14 comentários

De O Abominável Careca a 15.06.2013 às 10:06

Bons dias,

Esta entrevista foi para o ar à cerca de duas semanas e na altura fiquei boquiaberto com o relato dos acontecimentos e respectivos protagonistas. Aqui se espreme até ao caroço as verdadeiras razões de toda esta trágico-comédia que vamos sendo obrigados a assistir há demasiado tempo! Para quem já não se recorda este senhor foi vereador da CMP e com o pelouro da habitação e urbanismo e como o mesmo teve oportunidade de referir encheu-se das pressões e da bandalheira a que esteve sujeito optando por demitir-se em tempo útil e ainda bem que o fez porque desse modo abriu a verdadeira caixa de Pandora para gáudio de muitos apreensão de outros tantos!
E para rematar que o texto já vai longo e muito mais haveria para dizer e comentar, se um dia esta pseudo-democracia tiver um fim (como honestamente anseio!!! ) e se Paulo Morais quiser participar activamente na construção de algo substancial, verdadeiramente democrático e em prol de um futuro melhor terá efectivamente o meu voto!
Quanto aos Melos, Champalimaud, Espírito Santo e restante pandilha durmam descansados que enquanto este regime se perpetuar no tempo tudo estará irremediavelmente salvaguardado!!!
Um abraço e bm fds!

De golimix a 15.06.2013 às 10:37

Acho que não é só o regime que os faz perpetuar e estar seguros, o povo tem a sua dose de culpa! Vejamos este simples exemplo da greve dos professores, independentemente de ser ou não a favor, os protestos que se tem ouvido e a maneira como o povo (pais) intervem é intessante comparando com a sua intervenção quando aumentaram o número de alunos por turma e etc.É também é peciso ver em quem é que esse mesmo povo vota. Quantas vezes não vota em corruptos? Quantas vezes não vota em quem acoberta corrupção?


Quem serão os verdadeiros culpados disto se perpetuar?

De Fernando Lopes a 15.06.2013 às 13:26

Estas famílias perpetuam-se no poder desde sempre. O Fernando Rosas escreveu um livro sobre isso. Não tenho nada contra ricos, tenho contra tipos que enriquecem à custa do estado. Quanto ao Paulo Morais só é estranho quando o combate ao nepotismo passa a ser a excepção e não a regra.

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • JOSÉ RONALDO CASSIANO DE CASTRO

    O Pretinho do Japão é citado, como profeta, em Ram...

  • Anónimo

    Quando a sorte é maniversa nada vale ao desinfeliz...

  • M Manel

    Só agora vi a mensagem anterior - note-se que quem...

  • M Manel

    Uma ajuda... Arranja aí uma base para eu poder de...