Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Praça da Alimentação.

por Fernando Lopes, 30 Mar 13

Moreno, estatura meã, descomposto, sujo. Passeia na praça de alimentação. Num estranho bailado entre "Happy Meals", pizzas e saladas, vigia constantemente quem sai, tabuleiros, sobras, localização das empregadas. Nada diz, nada pede. É a dança da fome, da vergonha de esmolar, da abundância lado a lado com a miséria. Avança e hesita em pegar no que resta de um pequeno pacote de batatas fritas. Portugal, século XXI, praça da alimentação.

Autoria e outros dados (tags, etc)

2 comentários

De O Abominável Careca a 30.03.2013 às 15:40

Boas Tardes,

Infelizmente também já presenciei em vários centros comerciais a idêntica situação...
Se calhar o indivíduo em causa ontem ainda tinha trabalho mas hoje é mais um (in)conformado com a nova realidade! Hoje ele, amanhã quem sabe um de nós!
A cada dia que passa sinto-me com uma vontade incontrolada de fazer justiça pelas próprias mãos, mas infelizmente quem tem o poder de fazer algo de mais substancial nem que seja pela força, parece anestesiado ou sedado, lembrando o velho provérbio..."Nem F***M nem saem de cima..."

De Fernando Lopes a 30.03.2013 às 16:04

Usando uma linguagem militar, que não me apraz, é tempo de definirmos de que lado da barricada estamos. Eu sei, tu sabes, os incautos que se encontram no meio de nenhures, serão trucidados na voragem dos acontecimentos. Pesar por eles.

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • JOSÉ RONALDO CASSIANO DE CASTRO

    O Pretinho do Japão é citado, como profeta, em Ram...

  • Anónimo

    Quando a sorte é maniversa nada vale ao desinfeliz...

  • M Manel

    Só agora vi a mensagem anterior - note-se que quem...

  • M Manel

    Uma ajuda... Arranja aí uma base para eu poder de...