Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O meu corpo é o meu templo, o caraças.

por Fernando Lopes, 12 Mar 13

Uma das frases que me deixa louco é, "O meu corpo é o meu templo". Isto é dito por egos desmesurados, que cultivam o aspecto como quinta essência. Publicasse a Science um estudo sobre as propriedades emagrecedoras das francesinhas ou cozido à portuguesa, logo os veríamos a enfardar doses pantagruélicas destes manjares. Um outro sobre os poderes antioxidantes de cerveja ou vinho, rapidamente uma turba cambalearia pelos lugares da moda.

 

Nada contra as pessoas que desejam permanecer saudáveis e viver o máximo de tempo possível, mas pergunto-me: vão viver para usufruir o quê? Quem quer ser um cadáver com bom aspecto e baixo IMC? A maioria dos prazeres são transgressão. Graças ao Demo, sou por natureza, transgressor. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

8 comentários

De Anónimo a 12.03.2013 às 16:20

Nunca fui obcecada com a imagem, mas gosto de ver que a reflexo do espelho, não é de alguém que não reconheço.
Também não sou obcecada com a saúde, mas gosto de não ter que me preocupar com os diabetes ou com o colesterol.
E gosto muito de comer uma boa refeição, regada com um bom vinho, de beber uns finos ao fim da tarde numa esplanada qualquer, por isso Fernando, muitas vezes as pessoas não desejam permanecer saudáveis para durarem mais tempo, mas sim para viverem com maior qualidade...
Pensa nisso...
bj
mm

De Fernando Lopes a 12.03.2013 às 18:58

Sabes, acho que sempre fui um bocado auto-destrutivo. E acho alguma piada ao conceito "Live fast, die young.". Paradoxalmente, não consegui não consegui nenhuma das duas coisas.

Beijo.

De Fernando Lopes a 12.03.2013 às 19:01

Tás a ver? Até o telemóvel, gagueja! :)

De Daniel Marques a 12.03.2013 às 23:45

Não me sai o sorriso depois de ler este texto. É isso!

De Fernando Lopes a 12.03.2013 às 23:58

Daniel, um nome bíblico merece um pensamento bíblico: "Eat, drink and be merry, for tomorrow we die."
Eclesiastes 8:15, tradução adaptada.

De Maria Alfacinha a 16.03.2013 às 20:27

Agora perdi-me de riso.
Não estás só, se isso te serve de consolo.
Além do sacramental: "se não me faz feliz, não me deve fazer bem nenhum", costumo dizer: "para que é que eu quero morrer gira e cheia de saúde?"
Sou, definitivamente, uma transgressora :-)))

De Fernando Lopes a 16.03.2013 às 20:36

Não. Amamos a vida, somos grandes e prazenteiros como ela.

De Maria Alfacinha a 16.03.2013 às 20:42

Ou isso :-)

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • JOSÉ RONALDO CASSIANO DE CASTRO

    O Pretinho do Japão é citado, como profeta, em Ram...

  • Anónimo

    Quando a sorte é maniversa nada vale ao desinfeliz...

  • M Manel

    Só agora vi a mensagem anterior - note-se que quem...

  • M Manel

    Uma ajuda... Arranja aí uma base para eu poder de...