Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Apesar de ateu, adoro o Natal!

por Fernando Lopes, 24 Dez 12

Não celebro o nascimento do salvador, porque ninguém nos pode salvar senão nós mesmo. Não acredito na caridade, mas na partilha. Não quero o céu como recompensa, quero tentar ser intrinsecamente bom. Não espero que ente misterioso me perdoe, aprendi a carregar as minhas culpas.

 

E, no entanto, adoro o Natal. Porque é festa, reunião, alegria. Porque nos transforma, por um dia ou dois, em seres mais humanos, mais cúmplices, mais solidários. Hoje, estarei à volta da mesa, com a pequena família que me resta. Os que partiram estão bem vivos na minha memória e lá permanecerão enquanto a razão não me abandonar. Os mais novos vibrarão com os presentes, os mais velhos farão sua essa alegria. É assim o meu Natal. A todos os meus desejos de uma noite mágica.  

Autoria e outros dados (tags, etc)

11 comentários

De O Abominável Careca a 24.12.2012 às 00:21

Boas Noites,

Sendo ambos filhos dos mesmos pais e criados sobre a certeza de que a religião é e sempre foi acessória na vida de um ser humano, as festividades natalícias surgem desse modo interligadas a comida na mesa e presentes o que inclusive para muitos "cristãos" se forem retirados esses itens a quadra nunca terá a mesmo significado, sejamos realistas e nunca falso moralistas! E demais a mais Natal pode e deve ser sempre que os homens queiram e o resto são bandeiras com o menino Jesus às janelas para os mais ortodoxos e pais natais trepadores para os gentios!

P.S.: Amanhã por volta das nove da noite não esquecer de sintonizar a TV num qualquer canal que não seja nacional porque quero comer a minha posta do "fiel amigo" sem presenças televisivas inoportunas! Ou em opção desligue-se a caixa que mudou o mundo!

Abraços e beijos!

De Fernando Lopes a 24.12.2012 às 00:42

Proponho um Natal ao som da MTV Rocks!
[º<:}}}]

De raquel a 24.12.2012 às 11:52

também não acredito em Deus e o Natal não deixa de ser a minha época festiva preferida. ainda ontem falei disso (mas sem mencionar que sou ateísta). se desse para favoritar, eu favoritava já o seu post.

De Fernando Lopes a 24.12.2012 às 13:45

Tem um artigo no Público de hoje muito interessante.

"A maior parte das pessoas acredita que deve existir uma entidade superior que garante que a nossa vida tem sentido, ou seja, que deve existir algo superior. Acho que devíamos abandonar isto. Seria muito melhor para a moralidade, porque se esquecermos a transcendência então somos confrontados com a nossa responsabilidade. Aceitar a nossa liberdade e não deitar a culpa para ninguém é uma posição mais forte."

De raquel a 24.12.2012 às 16:13

Realmente muito interessante. Tenho do ir ler na íntegra.

De Alice Alfazema a 24.12.2012 às 14:02

Um Feliz Natal!

Independentemente daquilo em que acreditamos o melhor disto é a partilha e essa está na alegria, nas palavras, nos gestos, que damos, recebemos e vemos. Quem nunca experimentou essa sensação então nunca saberá o que é verdadeiramente a natividade.

De Fernando Lopes a 24.12.2012 às 14:16

Feliz Natal, Alice!

De bibónorte a 24.12.2012 às 19:16

Feliz Natal! Tudo de bom!

De Fernando Lopes a 24.12.2012 às 19:25

Obrigado e retribuo! Agora, vou afiar os dentes para o bacalhau! :)

De divagares a 25.12.2012 às 17:45

Revejo-me inteiramente neste texto. De que gostaria ter sido o autor.
Boas festas!

De Fernando Lopes a 25.12.2012 às 18:07

É seu e de todos os que pensam que o humanismo não é exclusivo de nenhum homem ou instituição.

Abraço e Boas Festas!

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback