Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Um paneleirote no Kremlin

por Fernando Lopes, 19 Ago 12

 

Correndo o risco de todo o mundo politicamente correcto me renegar, confesso que as marchas do orgulho gay sempre me pareceram uma paneleirice. Os homossexuais meus amigos nunca precisaram de se exibir a sua sexualidade de maneira festiva. São gays e ponto final. Faz tanto sentido uma marcha do orgulho gay, como as dos hetero ou bissexuais. Cada um vive como lhe apetece e ninguém tem nada a ver com isso. O contexo histórico em que a homossexualidade era perseguida e estigmatizada desapareceu, hoje os Harvey Milk dos anos sessenta deixaram de fazer sentido. Permanecem no entanto alguma democracias musculadas como a russa que insistem em fazer desta condição alvo de discriminação. Assim, o país que insiste em fotografar o seu presidente em poses do mais gay que existe, como a que ilustra este post, acaba de proibir as marchas de orgulho gay por 100 anos. Uma "democracia" musculada, com enorme dificuldades em aceitar o que é diferente, até a simples manifestação artística de "pachachas amotinadas". Para não dizer pior, o ocupante do Kremlin não passa de um "paneleirote".

Autoria e outros dados (tags, etc)

6 comentários

De bibónorte a 19.08.2012 às 22:09

Muito bem!O dito cujo não passa de um "paneleirote" ridículo mas, infelizmente, perigoso.
Abraço

De Fernando Lopes a 19.08.2012 às 22:40

Esta pose faria capa de qualquer revista gay. Mas é, de facto perigoso e poderosíssimo.

Grande abraço

De Ana A. a 21.08.2012 às 13:55

Fernando

Concordando com o teor do post, só discordo de o apelidar de paneleirote, pois além de ofender os ditos não descreve este asqueroso e tortuoso ser, que nunca deveria ter o poder que tem!

Abraço
Ana

De Fernando Lopes a 21.08.2012 às 15:02

O paneleirote " é, eventualmente, uma escolha infeliz, não tem conotação sexual. É antes o "fracote" ou "medroso", porque Putin está com imenso medo da democracia, convive mal com a liberdade de expressão e os opositores. Até Kasparov se arrisca a pena de prisão por ter respondido a uns calduços da polícia.

Abraço

De O Abominável Careca a 21.08.2012 às 19:58

Eis-me de novo,

Que a Rússia sempre foi uma potência com uma cultura singular e com uns líderes à altura para não se deixarem intimidar pela vontade popular nunca foi novidade o que me espanta é em pleno século XXI ainda haja quem se julga um discípulo do inenarrável tio "Estaline"! Esta gente assim como os chineses sentem-se legitimados a usar a força contra todos aqueles que se oponham às democracias por eles impostas!

E assim vão vivendo todos os déspotas deste belo mas tão mal tratado planeta!

Um abraço

De Fernando Lopes a 21.08.2012 às 21:06

É a democracia musculada. Tudo está bem se concordares com o líder. E não é que isto me trouxe à memória certos (para não dizer todos) partidos portugueses?

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • JOSÉ RONALDO CASSIANO DE CASTRO

    O Pretinho do Japão é citado, como profeta, em Ram...

  • Anónimo

    Quando a sorte é maniversa nada vale ao desinfeliz...

  • M Manel

    Só agora vi a mensagem anterior - note-se que quem...

  • M Manel

    Uma ajuda... Arranja aí uma base para eu poder de...