Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Eu ainda sou do tempo

por Fernando Lopes, 5 Ago 12

em que as vedetas eram os músicos, não os marmelos por detrás de uma mesa de mistura. Assistir a uma espécie de entronização dos DJs, transformá-los em estrelas, é, para mim, profundamente estranho. Nas festas de garagem dos anos 80 (sim, houve um tempo em que a malta não tinha dinheiro para discotecas), o DJ era sempre criteriosamente seleccionado por ser um bocado geek e pelas baixíssimas probabilidades de engate. "The times they are a-changin'".

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

4 comentários

De Ana A. a 05.08.2012 às 16:01

A mim também me causa estranheza, ver o apelo que algumas discotecas fazem aos cabeças de cartaz. DJs ?!! Como já estou um bocado por fora tive que me informar junto da malta jovem, para saber se o trabalho dos DJs tinha sido alterado de tal forma, que agora eram eles os protagonistas e o chamariz para a night ...

Cada vez mais nos querem impor "ídolos" sejam eles os mais estapafúrdios. Enfim, é a lógica da carneirada que parece que veio para ficar!

Abraço
Ana

De Fernando Lopes a 05.08.2012 às 19:09

Parece que agora fazem algumas misturas, usam samplers e mais algumas momices. Implica alguma criatividade, mas longe do meu conceito de artista. Somos nós que estamos a ficar velhos...

Abraço,
Fernando

De Anónimo a 06.08.2012 às 16:28

Fernando
Nem toda a música feita por DJ's é má e se ouvires sem preconceitos, há música electrónica muito boa.Nem toda... mas se formos criteriosos temos agradáveis surpresas. Os anos 80 realmente foram mt bons no que toca a criação musical, mas já passaram. Não me parece que tu sejas daqueles que ficam agarrados a um tipo de música e não ouvem mais nada...:)
M

De Fernando Lopes a 06.08.2012 às 17:15

M,

Nestas coisas de música sou um bocado conservador, só passeio pelo rock e pelo jazz. Algumas das minhas bandas favoritas (Interpol, Arcade Fire,The XX) são já do séc.XXI. Mas, culpa minha, não consigo sair muito desse registo e a música electrónica não me cativa. Aceitam-se dicas, com a mente aberta.

Abraço,
Fernando

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • JOSÉ RONALDO CASSIANO DE CASTRO

    O Pretinho do Japão é citado, como profeta, em Ram...

  • Anónimo

    Quando a sorte é maniversa nada vale ao desinfeliz...

  • M Manel

    Só agora vi a mensagem anterior - note-se que quem...

  • M Manel

    Uma ajuda... Arranja aí uma base para eu poder de...