Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Por todo o lado assistimos a terrorismo de estado. Seja o terrorismo financeiro, que nos rouba salários e obriga a trabalhar mais horas, seja o terrorismo propriamente dito, exercido por aqueles que juraram "honrar e defender". As cartas de boas intenções, o jogar segundo as regras, deixou de ser justificável, porque eles também não jogam pelas regras democráticas. Há pois que criar resistência, ocupar tudo, ser subversivo, antes de ser tragado, digerido e devidamente evacuado.

[Siga os links]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

5 comentários

De Moriae a 23.11.2011 às 21:03

Nem é preciso juntarmos muitos ... de qquer forma, qquer dia, até considero a hipótese de atirar pedras. Em sentido metafórico, já atiro. Não coloco de fora a hipótese de me alargar.
E eles já vieram e continuam a abusar. Quanto a mim, é reagir até ... e sempre de pé ou até não poder mais.

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback