Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Avó, eu não quero ir à escola!

por Fernando Lopes, 15 Jul 12

Amanhã é dia de regresso ao trabalho. Sei que sou um privilegiado por ainda ter trabalho, o que não impede de sentir uma ligeira indisposição e borboletas no estômago. No fundo, repete-se o regresso à escola. É só a mim, ou este regresso à monotonia diária, é precedido de uma insónia, uma angústia indefinível e uma similitude com as rodas dos hamsters, em que se pedala como um louco para não chegar a lado nenhum?

Autoria e outros dados (tags, etc)

7 comentários

De Fernando Lopes a 16.07.2012 às 01:05

Oh pá do que eu sofro, como a maioria portugueses que ainda têm trabalho, é do síndrome "Gata Borralheira". Lavamos, esfregamos e cozinhamos por uma côdea e ainda somos vistos como privilegiados. Não há Pedras Salgadas que ajudem a este tipo de indigestão. :-)

Abraço!

De Carlos Azevedo a 16.07.2012 às 02:03

Sabes o que diz o ditado: «em terra de cegos (...)».

Brinco, claro. Nesta terra há de tudo -- mas mesmo de tudo!

Abraço e bom regresso ao trabalho!

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • JOSÉ RONALDO CASSIANO DE CASTRO

    O Pretinho do Japão é citado, como profeta, em Ram...

  • Anónimo

    Quando a sorte é maniversa nada vale ao desinfeliz...

  • M Manel

    Só agora vi a mensagem anterior - note-se que quem...

  • M Manel

    Uma ajuda... Arranja aí uma base para eu poder de...