Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Havemos de ir ao Pingo Doce

por Fernando Lopes, 16 Mai 12

viver a luxúria da carne. Apalpar a febra, roçar o focinho e apreciar uma boa coxa. Morder-te-ei a orelheira e tu agarrar-me-ás nos enchidos. Usarás a tua língua de vaca, para me causar arrepios nas tripas. Passar-te-ei a mão pelo lombo enquanto seleccionas a mais firme rabada. Sentir-te-ei as costeletas enquanto te revelo secretos. Agarrarei maminha, firme e fresca, fresca e dura. Sairemos pé ante pé, a fugir da coentrada.

Autoria e outros dados (tags, etc)

6 comentários

De O Abominável Careca a 18.05.2012 às 14:11

Boas,

Só uma pequena advertência: Eu também gosto e aprecio afagar, tocar, espremer e até apertar "carne" humana mas preferencialmente quando coberta com pele, quanto à restante só com os dentes, se é que faço entender...;)

Um abraço e bom fim de semana!

De Fernando Lopes a 18.05.2012 às 20:30

Pronto! Vou tirar a placa ... :)

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • M Manel

    Só agora vi a mensagem anterior - note-se que quem...

  • M Manel

    Uma ajuda... Arranja aí uma base para eu poder de...

  • Anónimo

    Não volta?!Vá lá...Escrever faz bem...e ler também...

  • Anónimo

    Que será feito do gerente desta coisa?Filipe em es...