Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sem ser obcecado pela estética, o layout e a apresentação num supermercado contam muito, porque como bem diz o povo, os olhos também comem. Até há pouco tempo conservávamos hábitos burgueses como pedir as compras pelo Continente on-line ou adquiríamos a paparoca num qualquer Modelo, que já não é Modelo, mas para mim ainda é. Numa pequena reunião familiar verificamos que o nosso tipo de consumo não era racional, isto é, comprávamos o que sempre compramos, das marcas habituais, sem olhar a preços.

Um destes dias e para fazer face a uma emergência, eu e a chefe cá de casa fomos ao Lidl. Convenhamos, aquilo é feio que dói, parecendo um armazém coberto. Fizemos as nossas compras habituais, escolhemos um ou outro produto de marca própria e tivemos algumas agradáveis surpresas. Em primeiro lugar a não negligenciável continha. Assim a olho, sem grandes observações ou recurso a estatística, a coisa pareceu-nos 20 a 30% mais barata. Nada mau. Algumas agradáveis surpresas me aguardavam no menu de degustação como agora se diz. Um flamengo e um emental decentíssimos e a saber a queijo, um presunto e paio que sem deslumbrar, não desmerecem os da concorrência, um ou dois sumos que não ficam muito atrás da Compal. Ao que me foi dado aperceber, e seguindo os ditames da moda, também estas lojas têm uma gama premium, que sem a falsa sofisticação gourmet que por aí impera, não brilham, mas são de qualidade razoável. Gostei também das carnes, cortadas com a dose certa de gordura e bem embaladas.

 

Feitas as compras do mês, teremos poupado 80€, o que nos tempos que correm não é nada desprezível. Com o facto positivo de termos demorado o mesmo tempo que a T. demora a fazer as compras via internet, fizemos exercício físico de que precisamos, num local com meia-dúzia de gatos-pingados. Dei comigo a reflectir como a crise também têm o seu lado positivo. Torna-nos consumidores mais racionais, sem que forçosamente se baixe o nível de exigência. Depois deste momento que merecia o patrocínio da referida marca, vou ali fazer uma sandes de paio e já volto.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

8 comentários

De trufas a 07.05.2012 às 16:18

ótimo blog, parabéns...

De Ana A. a 07.05.2012 às 18:24

Fernando,

Bem vindo ao mundo dos pobres!

Será?!

Bem, entre o absurdo que se paga pelos "quase" mesmos produtos, que no final servem o mesmo fim, direi que o outro mundo é que será o dos pobres (de espírito), que pagam balúrdios para enriquecimento de uns poucos! Mas nunca é tarde para acordar! Bendita crise. Os especuladores que se cuidem porque dificilmente irão reconquistar os consumidores inteligentes que acordaram para esta nova realidade, eu incluída (desde 2008).

Abraço
Ana

De Fernando Lopes a 07.05.2012 às 19:04

Ana,

Não sei como se passa com os outros, mas muitos dos hábitos de consumo cá em casa são "herdados". A mãe e a avó usavam o detergente X, o leite Y e por aí fora. Sempre fomos habituados a confiar naqueles produtos. Nos tempos que correm, com a diversidade de oferta que existe, deixa de fazer sentido não experimentar coisas novas e mais baratas. Se funcionarem encantado, caso contrário volta-se à vaca fria. :)
Novos tempos exigem novas abordagens, certo?

Abraço,
Fernando

De O Abominável Careca a 08.05.2012 às 22:11

Boas noites.

Caríssimo, andas no mínimo distraído com as novas tendências no que concerne a compras para o lar, isto porque o local citado já existe há mais de dez anos e com provas reais do seu valor. E ao contrário do que se pensa acerca das ditas "marcas brancas" essas não ficam atrás no que diz respeito a critérios de qualidade e apresentação quando confrontadas com a as marcas de renome nacional e mesmo internacional! E já agora há dias comprei uma maçãs e imagina de onde eram provenientes?! Sim, Itália nem mais nem menos...
E como não há bela sem senão, em casa de ferreiro espeto de pau, pelo menos cá em casa é assim nem com o dito à frente dos olhos!

Abraços e boas compras sem atropelos...;)

De Fernando Lopes a 08.05.2012 às 22:32

Não tenho nada contra as marcas brancas, mas como sabes o consumo funciona por hábitos, que, neste momento, urge remodelar. E toma lá um abraço com 50% de desconto!

De O Abominável Careca a 08.05.2012 às 22:43

Em continuação:

Abraços teus aceito de bom grado agora dispenso a "promoção" de 50%, comigo ou é a cem ou então nem esforces...;)
E foi por promoções desse tipo e face à quantidade de aderentes que no passado dias 01 que eu fugi do Pingo Doce da minha área de residência, quando só pretendia comprar duas garrafitas de vinho da marca "Nico" que incompreensivelmente só o PD comercializa...

Boas Noites a bom soninho...

De Fernando Lopes a 08.05.2012 às 22:45

Safastes-te de boa!!

De Fernando Lopes a 08.05.2012 às 22:48

Safaste-te ... Ganda gaffe ...

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback