Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

o amor valerá sempre a pena

por Fernando Lopes, 25 Mar 12

Ocasionalmente sou atravessado por grandes angústias. Será comum a todos, dos mais tímidos e introspectivos aos mais expansivos. Lembro bem os primeiros momentos de medo profundo e angústia, daquela que nos causa borboletas no estômago. Quando com 12 ou 13 anos tomei consciência da minha finitude. A tomada de conhecimento de que vamos morrer, de algum modo, altera-nos. Coloca as nossas hormonas adolescentes no devido lugar, o de uma micro poeira cósmica, colocada por acaso no universo, com outro destino que não o de cumprir um papel ainda não escrito, por dramaturgo também ele inexistente. E, no entanto, lutamos. Por uma vida melhor, por mais conforto, por felicidade para os filhos. Mesmo que não se consiga nada, mesmo que o nosso significado seja ridiculamente pequeno, é esta luta, esta vontade de mudar intrínseca ao ser humano que faz o mundo avançar, dar melhor condições de vida aos que cá estão e aos que hão-de vir. Lutar por uma causa, por um ideal, é uma forma de superação da morte, pelo amor. Enquanto um único homem sentir este amor fraternal, valerá sempre a pena a vida e a luta.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • JOSÉ RONALDO CASSIANO DE CASTRO

    O Pretinho do Japão é citado, como profeta, em Ram...

  • Anónimo

    Quando a sorte é maniversa nada vale ao desinfeliz...

  • M Manel

    Só agora vi a mensagem anterior - note-se que quem...

  • M Manel

    Uma ajuda... Arranja aí uma base para eu poder de...