Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Racionalidade ou dieta forçada?

por Fernando Lopes, 12 Mar 12

Bacalhau à Braz

Os portugueses são, em geral, um bocado gorditos. Consumimos com relativa frequência bombas calóricas que fazem parte da nossa cozinha tradicional. Uma feijoada, cozido à portuguesa, costeleta panada, bacalhau à Braz são alguns dos meus pratos favoritos, que contêm calorias em número suficiente para pôr de cabelos em pé qualquer nutricionista. Um dos indicadores mais fiáveis de bem-estar é o consumo de bens alimentares. Regista-se o primeiro recuo no consumo desde que existem registos sistematizados. A queda de valor no consumo pode significar a racionalidade dos portugueses nas suas compras, optando mais por produtos de marca branca, mais económicos, ou um sinal de que existem famílias que já estão a cortar na alimentação. Pela primeira vez desde 1971 as despesas com alimentação estagnaram ou  diminuíram. Numa observação empírica noto que são as classes com menos poder de compra que tendem a preferir os produtos de marca. É natural. Preferir produtos sem marca parece coisa de pobre, e ninguém quer menos aparentar pobreza do que os que dela se libertaram recentemente. Quanto mais informado o consumidor, mais tende a optar pelas marcas próprias das grandes cadeias de distribuição. Racionalidade ou dieta forçada?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • JOSÉ RONALDO CASSIANO DE CASTRO

    O Pretinho do Japão é citado, como profeta, em Ram...

  • Anónimo

    Quando a sorte é maniversa nada vale ao desinfeliz...

  • M Manel

    Só agora vi a mensagem anterior - note-se que quem...

  • M Manel

    Uma ajuda... Arranja aí uma base para eu poder de...