Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

talento

por Fernando Lopes, 1 Mar 12

Olho à minha volta e noto que toda a gente está a estudar. Dos 30 aos 50, todos fazem frequências, trabalhos, monografias, teses. Uns por razões profissionais, outros por mero prazer, alguns no seguimento de uma carreira académica. Uns vão ser doutores, os doutores vão ser mestres, os mestres prof. doutores. É bom, fico genuinamente feliz por estar num meio onde existe a necessidade de aprender mais e melhor, de superação. Já pensei em retomar os estudos e terminar um curso que ficou pendurado por duas cadeiras. Desisti. O que gostava mesmo, o que me faria feliz, era descobrir alguma habilidade escondida. Ser capaz de escrever belas crónicas, aprender com os meus amigos jornalistas os segredos da reportagem e do jornalismo de investigação. Além da formação, existe o talento. E esse não se aprende. Tenho uma secreta inveja de quem mostra a alma e o engenho de forma natural, espontânea. Tivessem os deuses sido generosos e seria um bocadinho mais feliz.

Autoria e outros dados (tags, etc)

4 comentários

De Ana A. a 01.03.2012 às 15:05

Fernando,

Às vezes, para descobrir o nosso talento, temos que "perfurar" as capas que o envolvem para o captar, tal como um lençol de água ou uma jazida de diamantes, (não falo em petróleo que me lembra coisas tristes)!

É só começarmos a fazer o que nos dá na gana e prazer! Sem censuras nem pretensões perfeccionistas, e sobretudo sem comparações, porque cada ser e a sua arte é una.

E já agora, a arte existe também em saber ver, ouvir e transmitir, e em última instância a de crescer interiormente, sabendo das suas limitações mas tentando sempre aperfeiçoar-se como SER!

Abraço
Ana

De Fernando Lopes a 01.03.2012 às 20:01

Ana,

É um sábio conselho, esse de fazer o que nos dá na gana. Ocasionalmente, ao lidar com profissionais exímios no seu ofício, bate uma certa frustração. Mas está certa, conhecer as nossas limitações é meio caminho para ser melhor. Grande comentário! :)

Abraço,
Fernando

De Dalila a 03.03.2012 às 18:18

Hehehe estou no mestrado

De Fernando Lopes a 03.03.2012 às 18:24

Não sei eu como vou lidar com tanta ciência e tanto doutor encartado! :) Beijos, mestre(a)!

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • JOSÉ RONALDO CASSIANO DE CASTRO

    O Pretinho do Japão é citado, como profeta, em Ram...

  • Anónimo

    Quando a sorte é maniversa nada vale ao desinfeliz...

  • M Manel

    Só agora vi a mensagem anterior - note-se que quem...

  • M Manel

    Uma ajuda... Arranja aí uma base para eu poder de...