Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Perder, perder sempre.

por Fernando Lopes, 7 Mai 15

Estás numa encruzilhada. És livre, podes escolher qualquer caminho, e no entanto hesitas. Sabes que por onde quer que vás não encontras tudo o que desejas, todos os que de ti necessitam. O melhor seria seguir um caminho, arriscar, mas és capaz de controlar os danos? Queres fazer da culpa tua companheira de cabeceira ou preferes a infelicidade controlada, habitual, familiar, quase íntima, que te acompanha há tanto, tanto tempo? Paras, olhas, avanças e recuas sem estar certo da estrada a seguir. És um fraco, um cobarde acomodado, mereces todos os trovões que caem sobre ti e albergas no peito.  

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • Anónimo

    Que será feito do gerente desta coisa?Filipe em es...

  • Henedina

    Bom ano Fernando. Beijinho

  • Alice Alfazema

    Olá Fernando!Passei para te desejar um Feliz Natal...

  • alexandra g.

    Mexe-te, há um monte de coletes blogueiros à tua e...

subscrever feeds