Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O novo desígnio nacional

por Fernando Lopes, 12 Jan 12

(clique na imagem)

Autoria e outros dados (tags, etc)

"Chinezificação"

por Fernando Lopes, 12 Jan 12


Nos noticiários informava-se a autorização governativa para a Soares da Costa despedir 1.000 trabalhadores. A Salvador Caetano tem grande número de despedimentos planeados. É comum dizer-se que o maior flagelo é o desemprego e que no ano que agora se inicia irá aumentar antes de diminuir. Tenho pois, enorme dificuldade em compreender que se pretenda diminuir as indemnizações por despedimento. Bem vistas as coisas não parece ser tão difícil como isso despedir, pois o número de empresas que rescindem contratos de trabalho aumenta dia-a-dia.

A alteração da legislação laboral tem como objectivo último nivelar por baixo, estender a precariedade e facilitação dos despedimentos aos trabalhadores de meia-idade que se encontram (até agora) relativamente protegidos. A ideia é criar tal desemprego e competição que com a excepção de quadros excepcionalmente qualificados, todos seremos dispensáveis. A diminuição do custo do factor trabalho faz-se não pela diminuição da TSU mas pela precarização de toda uma sociedade. Com este modelo, num futuro não muito longínquo estaremos todos a competir por um salário mínimo, o suficiente apenas para não morrermos de fome.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • Fernando Lopes

    Estás esta miudagem a provocar os mais velho! ;)

  • Fernando Lopes

    Não sinto isso, a sério. 

  • Anónimo

    Orgulho nos cinquenta que são mesmo cinquenta e a ...

  • MJ

    Mas pode ser um pesadelo!

subscrever feeds