Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

2 comentários

De Horizonte XXI a 17.02.2012 às 21:21

Espremem, espremem mas não jorra mais nada.

Abraço livre.

De Fernando Lopes a 17.02.2012 às 22:38

Falta-lhes a noção de que o dinheiro e os recursos naturais são finitos.

Abraço livre e solidario,
Fernando

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback