Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tensão

por Fernando Lopes, 16 Fev 12

Incompetente para fazer análise sociológica, limito-me a reconhecer na sociedade portuguesa sinais de tensão. Jantar de amigos, uma conversa despretensiosa sobre política e o momento económico e social que o país vive. A troca de ideias, normalmente cordata e recheada de momentos de humor, resvalou rapidamente para o debate acalorado e posterior gritaria. Entre os que defendem a pobreza purificadora de Coelho e Gaspar e os que estão ideologicamente nos seus antípodas, o verniz estalou. Tudo foi rapidamente sanado, mas demonstrativo do mal-estar e conflitualidade que percorre a sociedade, transversalmente. O mito dos "brandos costumes" cada vez mais abalado, trágico indício de uma explosão social eminente.

 

P.S. - Escrevi este post antes de tomar conhecimento do "recuo estratégico" de Cavaco e da necessidade de "guarda-costas". A angústia cresce e com ela a agitação.

Autoria e outros dados (tags, etc)

4 comentários

De Fernando Lopes a 16.02.2012 às 23:24

bibónorte,

Como já notou não estou do lado dos que assumem culpas que não são suas. Mas confesso que fiquei incomodado como aquela amostra da sociedade portuguesa. Quando as posições se extremam entre amigos é sinal de que esta crise e diferenciação ideológica está a tomar proporções incontroláveis. E isso não augura nada de bom.

Abraço,

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback