Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tintin revisitado

por Fernando Lopes, 25 Out 11


A minha infância foi passada entre livros do Tintin. Vibrei com as suas aventuras, do Congo à América Latina, dos Estados Unidos à China, do Tibete ao Médio Oriente. É pois, com alguma expectativa que aguardo a sua passagem da BD e do cinema de animação ao sofisticado 3D. A tecnologia actual permite um hiper-realismo, inimaginável há apenas 10 anos atrás. Ficaremos todos convictos, como a minha filha, que o repórter da poupa e o Capitão Haddock existem mesmo. E é interessante ver este renascimento editorial de nomes que marcaram a geração que agora tem 40 anos. Do Homem-Aranha aos livros dos Cinco, tudo está a ser revisitado. Fica-me uma dúvida. Será que a qualidade destas séries e livros se impôs naturalmente, ou estaremos a servir aos nossos filhos os nossos heróis em edição revista e aumentada?

Autoria e outros dados (tags, etc)

3 comentários

De O abominável careca a 25.10.2011 às 22:49

Boas Noites,

Memórias da revista "Tintin" tenho algumas e inclusivé existem registos fotográficos que não me abonam como leitor precoce...;)
Piadas à parte o imaginário da personagem "Tintin" é parte integrante de quem hoje tem mais de quarenta e passa sobretudo pela leitura das várias aventuras assim como pelos conhecidos "Capitão haddock", "Dupond & Dupont", o cão "Milú" assim como a célebre cantora lírica "Bianca Castafiore" entre muitos outros que agora não me recordo o nome...
Embora fosse o verdadeiro fã dos irredutíveis gauleses, estou certo que esta homenagem é mais que merecida e que trará uma certa curiosodade ao público mais jovem!
Um abraço

De O abominável careca a 25.10.2011 às 22:52

E para acrescentar: "always watch god movies..."

Hasta la vista, Bro...

De Fernando Lopes a 25.10.2011 às 23:11

Abominável,

Fica a questão. Eram os nossos "heróis" tão bons que sobreviveram à erosão, ou somos nós que os impingimos aos mais novos?

Abraço and good moves!

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • JOSÉ RONALDO CASSIANO DE CASTRO

    O Pretinho do Japão é citado, como profeta, em Ram...

  • Anónimo

    Quando a sorte é maniversa nada vale ao desinfeliz...

  • M Manel

    Só agora vi a mensagem anterior - note-se que quem...

  • M Manel

    Uma ajuda... Arranja aí uma base para eu poder de...