Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A gerontocracia política

por Fernando Lopes, 21 Mar 11


Decididamente a nossa classe política está caduca. Na passada semana, o biltre referiu-se à guerra do Ultramar. Para o caso de o Aníbal, rei de Boliqueime, não se ter apercebido, a designação Ultramar não faz sentido histórico nos dias de hoje. Deveria antes falar na guerra colonial. Embora Cavaco não se tenha apercebido, o império morreu em 1975, consequentemente não há Ultramar.

Já Francisco Louçã não demonstra melhor forma mental, ao condenar os ataques à Líbia. E depois há amigos que me vêm falar do mal menor.

Entre este dois, qual é o mal menor ? Venho o diabo e escolha, que eu não sou capaz.

Autoria e outros dados (tags, etc)

4 comentários

De O abominável careca a 21.03.2011 às 19:47

Caro Zé,
Realmente a nossa classe política a cada dia que passa só nos surpreende e pela negativa!
Do "Biltre" fazer confusão entre ex-colónias e as antigas províncias ultramarinas parece-me normal e menos expectável ainda seria ver o Louçã a defender uma intervenção militar na Líbia. Já não espero rigorosamente nada de toda a dita classe dominante, pior do que isto só se formos buscar inspiração nos governantes dos países Africanos, esses sim são corruptos e assumem-no sem qualquer tipo de constrangimentos.
Vamos mas é fechar esta espelunca para obras e avisar quem nos visita do facto!
Um Abraço!!!

De Fernando Lopes a 21.03.2011 às 20:57

Pedro,

É só contradições. Não há nenhum político que se aproveite. Da esquerda à direita. Os que são bons, estão a trabalhar em empresas e a dar as suas aulas nas faculdades. Os "à rasca", vão para os partidos!

Abraço, deste também descrente,

De Fenix a 23.03.2011 às 19:52

Fernando,

O biltre é um "moço" simples e diz o que lhe vai na alma, sem censura, pois não vai recandidatar-se... (se não estivesse na sua sala de estar vomitava).

O Louçã deve ser só para ser do contra. Penso eu de que!

Abraço
Ana

De Fernando Lopes a 23.03.2011 às 21:49

Ana,

Mas que raio de moços simples, ou simples espíritos de contradição escolhemos para nossos líderes?
Porra!!

Abraço,
Fernando

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • JOSÉ RONALDO CASSIANO DE CASTRO

    O Pretinho do Japão é citado, como profeta, em Ram...

  • Anónimo

    Quando a sorte é maniversa nada vale ao desinfeliz...

  • M Manel

    Só agora vi a mensagem anterior - note-se que quem...

  • M Manel

    Uma ajuda... Arranja aí uma base para eu poder de...