Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Amizade

por Fernando Lopes, 8 Jan 11

Igreja do Evangélica Mirante, Cedofeita, a porta ao lado era a da escola.
Vou hoje jantar com amigos. Não são uns amigos quaisquer. Estamos juntos, com Suíça regularidade, há 41 anos. Para quem tem 47 é quase como se a nossa amizade estivesse impressa na memória. Antes deles, a quem a escola primária me uniu, tenho vagas recordações. Perguntar-se-á quem me lê, o que faz quatro amigos manterem-se juntos desde a escola primária?
A adversidade. Quem não estudou antes do 25 de Abril, não faz ideia do longo campeonato de boxe, com um único protagonista (a professora, D. Sofia), que foi a nossa escola primária.
Aprendíamos pelo terror. Não nos interessava a aritmética, o português, ou o saber de cor e salteado todas as paragens e apeadeiros da linha da Beira em Moçambique.
Mas o terror e a violência física sobre nós exercida, uni-nos para a vida. Solidários, sobrevivemos.
Com o tempo tornamo-nos companheiros e cúmplices de todas as ocasiões.
Cumplicidade que, 41 anos depois, se mantêm. Celebremos pois, a AMIZADE.

Autoria e outros dados (tags, etc)

6 comentários

De Anónimo a 08.01.2011 às 11:16

Parabéns para os 5 amigos.

Parabéns pelo Blogue

De Fernando Lopes a 08.01.2011 às 12:51

Caro(a) anónimo,

Somos quatro, como os três mosqueteiros!

Agradeço os parabéns, mas sou forçado a reconhecer que o blogue é fraquinho, tem quando muito, o mérito de desnudar ao de leve, o autor.
O que não é forçosamente uma coisa boa!

Um abraço,
Fernando

De Fenix a 08.01.2011 às 15:06

Fernando,

Como eu "invejo" as pessoas que conseguem manter-se ligados tanto tempo!

Este texto, levou-me aos tempos do então ciclo preparatório, e recordar a m/ prof. de matemática (Adelina) , que perante o n/ silêncio quando chamados ao quadro, nos gritava: "- Seus burros! Parecem um boi a olhar para um palácio! Em vez de massa cinzenta têm blocos de granito!". A partir daí é que já nem conseguíamos abrir a boca, como o medo de errar...

Parece incrível como é que passados todos estes anos, ainda me recordo! Pois é! E só depois de adulta é que comecei a simpatizar com a matemática.

Abraço

De Fernando Lopes a 08.01.2011 às 17:15

Fenix,

Eramos vítimas de violência fisica extrema! Reguadas, palmatória, chapada, valia tudo ...
Um dias destes exorcizo isso num dos meus posts da treta.

Abraço

De Anónimo a 08.01.2011 às 18:15

Caro Fernando,
É certo que os amigos são os 4. Escrevi 5 porque achei que apesar do terror que vos causou, a vossa professora acabou por ser, sem querer, "vossa amiga", pois permitiu que 4 gaiatos se mantivessem amigos durante "uma vida".

Bem haja à AMIZADE.

De Fernando Lopes a 08.01.2011 às 18:53

Meu caro,

Tem toda a razão. Obrigado pelo seu contributo, que me permite um nova ângulo de análise.
Nestas coisa da emoção, é bom sempre ter uma outra perspectiva, mais racional.

Abraço,

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • JOSÉ RONALDO CASSIANO DE CASTRO

    O Pretinho do Japão é citado, como profeta, em Ram...

  • Anónimo

    Quando a sorte é maniversa nada vale ao desinfeliz...

  • M Manel

    Só agora vi a mensagem anterior - note-se que quem...

  • M Manel

    Uma ajuda... Arranja aí uma base para eu poder de...