Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A frase do dia ...

por Fernando Lopes, 22 Jan 11

"... Uma coisa é certa: não se aplica a Portugal a ideia kennedyana do “não perguntes o que o teu país pode fazer por ti, pergunta o que podes fazer pelo teu pais”. Esqueçamos isso. Já não temos país, pertencemos em dia incertos a uma Europa, nem idealismo que nos valha. A ideia agora é outra: tenho a certeza de que o meu país não vai fazer nada por mim, nem merece que eu faça algo por ele. Por isso me pergunto o que posso eu fazer por mim, sem incomodar o país nem ser por ele incomodado.
E para dia de reflexão, fico por aqui."

A frase do dia é de Pedro Rolo Duarte.

Autoria e outros dados (tags, etc)

4 comentários

De Fenix a 22.01.2011 às 23:02

Fernando,

Então retirou-se para o paraíso, para reflectir?! E eu a pensar que ia arejar as ideias e distanciar-se dos problemas do quotidiano nacional!!

Mas não há dúvida que com esta proposta, me deixou a pensar...

Abraço
Ana

De Fernando Lopes a 23.01.2011 às 19:29

Ana,

Confesso que não votei.
Lembrei-me do velho slogan anarca:

"O voto é a arma do povo. Se votas ficas desarmado."

Abraço,

De pedro a 26.01.2011 às 19:42

Num país como o nosso e com os governantes q estão no poder, realmente ou salvámos o nosso escalpe e c/determinação, ou então sujeitámo-nos a ser engolidos ( O q n terá muita graça!) Eu por mim estou sempre vigilante às oportunidades q se me deparam pr dar um calotezito ao Ministério das finanças! Ainda hoje me perguntaram se queria factura e eu retorqui: Estão a oferecer o valor do iva aos clientes???

De Fernando Lopes a 26.01.2011 às 21:59

Pedro,

Todos temos os nossos pecados. Esse teu é privado ...
Shiuuuuuuu!!!

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • Anónimo

    Quando a sorte é maniversa nada vale ao desinfeliz...

  • M Manel

    Só agora vi a mensagem anterior - note-se que quem...

  • M Manel

    Uma ajuda... Arranja aí uma base para eu poder de...

  • Anónimo

    Não volta?!Vá lá...Escrever faz bem...e ler também...