Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A austeridade para tótós

por Fernando Lopes, 7 Abr 11


A austeridade e a sua ineficácia explicadas de uma maneira simples, por um professor universitário. Como no purgatório também navegam economistas, agradeço a opinião crítica, deles e dos outros.

Autoria e outros dados (tags, etc)

2 comentários

De Fenix a 14.04.2011 às 23:35

Fernando,

Dito assim, parece tudo tão simples de prever e naturalmente...evitar!

Só que não será por falta de conhecimento dos protagonistas que as crises acontecem, mas da ganância dos seus pobres espíritos.

O que me deixa estupefacta é como é que tão poucos podem dominar tantos?! De onde nos vem esta sensação de impotência?!

Abraço
Ana

De Fernando Lopes a 14.04.2011 às 23:48

Ana,

Eu também achei de uma simplicidade desarmante. Mas são os banqueiros que mandam aqui. A Ana estava de férias, mas deve ter lido que bastou os banqueiros dizerem "no more money" para Sócrates desencadear o pedido de ajuda.
Quem manda, quem é?

Abraço,
Fernando

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • JOSÉ RONALDO CASSIANO DE CASTRO

    O Pretinho do Japão é citado, como profeta, em Ram...

  • Anónimo

    Quando a sorte é maniversa nada vale ao desinfeliz...

  • M Manel

    Só agora vi a mensagem anterior - note-se que quem...

  • M Manel

    Uma ajuda... Arranja aí uma base para eu poder de...