Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Photo-1228-732x488.jpg

 

É oficial, Porto e Lisboa estão a transformar-se numa espécie de Disneylândia. Aqui no Porto, durante a Primavera, migra o afamado «camone de poupa branca». Esta espécie que se caracteriza pela cabeça branca, e por se deslocar lentamente e em bando, não é das mais destrutivas. Incomodam quando caminham na baixa, pois o seu vôo é sempre em diagonal e muda frequentemente de sentido o que torna quase impossível ultrapassá-los. Tirando isso são absolutamente inofensivos, passando grande parte do tempo alapados em esplanadas a beber bejecas.

 

Detectei a chegada de nova espécie por estes dias de verão, a «camona searching for a latin lover». De variadíssimas idades, mas sobretudo na casa dos 20, é loira, padece de excesso de peso, usa calções e chanatas. Pode ver-se ocasionalmente uma sub-espécie altamente papável, a «camona magra e arranjadinha». Certo é que os poucos machos entre os 20 e 30 que não emigraram têm enorme dificuldade em responder às solicitações, sendo que algumas destas jovens, esfomeadas e com calor, começam a baixar a fasquia. Aqui entre nós, já fui alvo de um ou dois olhares gulosos, imaginem lá o desespero. Rapazes, não se pode negligenciar a chicha nacional, que é de qualidade e é nossa.

 

Aos gajos dos Tuk-Tuk um aviso: se algum de vocês me volta a ultrapassar pela direita, juro pela minha avozinha que vos mando para o galheiro, camones incluídos. Já agora não sejam parolos e dêem alguma identidade portuguesa à merda dos tuk-tuk. Em cima o exemplo dos vossos colegas lisboetas que decoraram o veículo de origem asiática com um belíssimo padrão de azulejos.  Camelos dos segway: quando me passarem outra tangente a velocidade inapropriada, estico o cotovelo e levam com ele em cheio nos dentes. Melhor começar a fornecer capacetes integrais just in case…

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

14 comentários

De Ana A. a 25.06.2016 às 12:42

Quer dizer: anda a autarquia atarefada a preparar a cidade (só) para o turista e vêm estes snobs implicar...

De Fernando Lopes a 25.06.2016 às 13:47

Se defender a integridade, o carácter é ser snob, sou o maior dos snobs. Estas pedras falam comigo, contam-me histórias, correm-me nas veias. Elas são eu e eu sou elas.

De redonda a 25.06.2016 às 19:17

E a espécie o «camone searching for a latin lover"?

De Fernando Lopes a 26.06.2016 às 03:25

As mulheres portuguesas, de um modo geral, são conservadoras e pouco dadas a «one nigth stand». Penso que o camone macho não será em geral, tão bem sucedido quanto o fêmea. Mas que sei eu ....

De redonda a 26.06.2016 às 21:09

Portanto da espécie o camone já andariam por aí, mesmo que com pouca sorte face aos seus alvos serem portuguesas conservadoras e por isso não mereceram post :)

De Fernando Lopes a 26.06.2016 às 21:59

Gábi, este é um blogue que vê as coisas do ponto de vista de um homem. Fica o desafio para no «Redonda», elucubrares sobre o camone macho. Que dizes?

De redonda a 26.06.2016 às 23:30

eu, portuguesa conservadora?! como poderia?! 
jamais! tinha de mudar o blogue :)

De Fernando Lopes a 27.06.2016 às 00:26

Escrevi um postzinho a pensar em ti e nesta nossa converseta. :)

De redonda a 27.06.2016 às 00:30

Vim logo a correr para o ler :)

De Manuel Almeida a 28.06.2016 às 14:56

Em Lisboa a Disneylândia é totalmente democrática e defensora dos animais (sobretudo as aves). É ver as gaivotas e pombos a comer o resto das refeições dos turistas nas esplanadas com entopem a rua Augusta. Uma maravilhosa cena turística para a que só falta fazer a selfie da praxe.

De Fernando Lopes a 28.06.2016 às 19:05

Aqui é igual. Deram um arranjo urbanístico «simpático» à ribeira, mas às vezes parece que estou no meio de uma claque de hooligans

De Carlos a 29.06.2016 às 09:37

A cidade com prédios abandonados, venda de droga a cada esquina, arrumadores, grafitti nos elevadores e ruas históricas. Lojas fedorentas de Chineses e pakis.  Mas o que chateia são os tuks, segways e os turistas? A sério.. 

De Fernando Lopes a 29.06.2016 às 11:13

Uma coisa não anula a outra, são problemas distintos. O que é que tem o cu a ver com as calças? A sério..,

De Melhor Tuk Tuk de Sintra a 03.01.2018 às 13:12

Nossa cara muito engraçado seu Blog, eu acho divertido observar as reações. 

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback