Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ter os inimigos certos.

por Fernando Lopes, 1 Fev 18

Num jornal online, Nuno Artur Silva declara «ter os inimigos certos. Que mais posso desejar?». Não sendo como o galego, que não tinha inimigos porque os havia matado a todos, tenho os meus «inimigos de estimação». Gosto de os ter porque personificam tudo o que me causa asco: imodéstia, matreirice, falta de carácter, problemas de ego inflado, estúpidos que pensam ser mais espertos que todos os outros, calões que acham que se esforçam imenso, vendilhões de porra nenhuma. Gosto deles assim, todos os dias me relembram tudo o que tento não ser. Mais que Nuno Artur Silva, acho que ter inimigos é inerente a quem se esforça por ser íntegro e honesto. No fundo odeiam-nos porque sabem que somos melhores seres humanos do que alguma vez eles serão. Gosto muito de ter inimigos, e gosto muito dos meus inimigos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

15 comentários

De Fernando Lopes a 04.03.2018 às 09:03

Henedina, acredito que existam momentos particularmente difíceis, invejas, críticos. O seu foco é e será, estou certo, os doentes. Esses são o motor de tudo, no resto, como diz o povo, «os cães ladram e a caravana passa».

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • Anónimo

    Tenho é que me manter nova:)~CC~

  • Fernando Lopes

    Isto era eu... :)

  • Anónimo

    Venha e será recebida de braços abertos. Vamos com...

  • Anónimo

    Plantei uma árvore, tive uma filha e escrevi um li...