Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Pequenos milagres.

por Fernando Lopes, 8 Jun 16

flores.jpg

 

No edifício onde trabalho há vários anos que foi proibido fumar nas escadas. Criaram-nos uma espécie de paragem de autocarro, três lados vedados, onde os párias podem dar azo à sua adição tabágica. Por baixo dessa espécie de terraço trabalham mais de cem pessoas. A superfície é coberta por várias camadas de tela alcatroada sobre a qual colocaram seixos para ajudar na impermeabilização.

 

Nada mais árido que asfalto e pedra, certo? No entanto algumas plantas insistem em crescer, teimosas e resistentes, sobre o que foi concebido para não permitir nenhuma forma de vida.

 

A explicação botânica sei-a vagamente, não impede de me maravilhar e andar a observar há vários dias estes pequenos milagres sobre a forma de flores. A natureza ensina-nos a resistir, a ser férteis onde só existe esterilidade. Penso para comigo como posso tirar lições, pondo de lado a depressão crónica e lutando, pois até onde tudo foi feito para que nada nasça, obstinadamente, uma impossibilidade floresce.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

Amar é resistir.

por Fernando Lopes, 19 Mai 14

Já nos amamos até à exaustão, vestimo-nos de sol quando chovia, sonhamos o mesmo sonho, atravessamos prados infinitos e desertos impregnados pela pestilência da morte. Fizemo-lo juntos. Já guerreamos, trocamos acusações, viramos costas. O amor é assim, às vezes prazenteiro, outras conflituoso e angustiado. Estou aqui porque te amo, não importa o que aconteça lá fora. Dá-me a mão, temos ainda muitas batalhas a vencer, espera-nos uma maratona interminável. Pensa em mim como aquele que correrá sempre a teu lado, pois ambos sabemos que amar é também resistir.

 

Para a minha mulher, Teresa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Resistir. Sempre.

por Fernando Lopes, 24 Abr 12

 

Porque resistir já não é um direito, mas uma obrigação cívica.

Autoria e outros dados (tags, etc)

O rosto de um filho da puta

por Fernando Lopes, 26 Nov 11


O vídeo exibido ontem pela TV e postado em vários blogues, com a carga de porrada de um polícia à paisana, desapareceu do vimeo. Coisa bem intencionada, certamente. Existirá cópia em muitos computadores, podemos colocá-lo no youtube e em muitos outros sites. Para que conste, exibo a fotografia do filho da puta do bastão extensível.

Resta a extraordinária e inexplicada coincidência de um suposto procurado pela Interpol, se ir colocar no local com mais polícia por metro quadrado da cidade de Lisboa, no dia de uma greve geral. Contem-me histórias que eu gosto ...

Foto: cortesia do 5dias






Vídeo: cortesia do Democrato

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:


Por todo o lado assistimos a terrorismo de estado. Seja o terrorismo financeiro, que nos rouba salários e obriga a trabalhar mais horas, seja o terrorismo propriamente dito, exercido por aqueles que juraram "honrar e defender". As cartas de boas intenções, o jogar segundo as regras, deixou de ser justificável, porque eles também não jogam pelas regras democráticas. Há pois que criar resistência, ocupar tudo, ser subversivo, antes de ser tragado, digerido e devidamente evacuado.

[Siga os links]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

A democracia já não mora aqui

por Fernando Lopes, 3 Nov 11

No meio de toda a turbulência grega, ressalta o medo do povo. Esta farsa de democracia, que renega a sua origem etimológica, será levada até ao fim. Os gregos não serão ouvidos porque urge salvar os bancos da catástrofe anunciada. Bancos alemães e franceses, mas também americanos. O ruído é criado para que nada nem ninguém possa ouvir. Merkel e Sarkozy tocam a música que os senhores da finança mandam. Com ou sem esgotamentos à mistura.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

Αγαπητοί Έλληνες αδελφοί

por Fernando Lopes, 1 Nov 11


Queridos irmãos gregos,

Antes de mais quero mostrar-me solidário com as vossas legítimas reivindicações. O vosso exemplo prova que a austeridade como modo de resolver o défice gera mais austeridade e mais défice. São obrigados à austeridade para salvar os bancos. O FMI e o FEEF não estavam interessados na vossa recuperação antes na salvaguarda do sistema financeiro. A Alemanha e a França queriam apenas vender-vos aviões, tanques , fragatas e submarinos e emprestar-vos dinheiro a juros usurários.

Nós por cá estamos na mesma. O nosso governo vai ser obrigado a fazer duas linhas de TGV para os alemães e franceses venderam material circulante e tecnologia. A mão-de-obra, porque é barata, não especializada e temporária é nossa. Uma espécie de chineses da Europa. A decisão do vosso governo de referendar nova "ajuda", coloca-vos entre a espada e a parede. Com o dracma desvalorizado e o vosso mercado exportador e dívidas denominadas em euros, sofrerão de qualquer das formas.

Não sei qual vai ser o vosso ou o nosso caminho. O que não podem consentir é que a gorda e o baixinho vos digam qual o caminho a seguir. Mostram-se determinados a aplicar o plano deles à vossa economia. Como se na Grécia não vivesse um povo, mas ratos de laboratório. Atendendo à similitude de políticas, o vosso futuro será o nosso. Nada posso fazer a não prestar a não ser a minha solidariedade com a vossa luta legítima. É altura de os gatos gordos da Europa pagarem a factura.

Um abraço solidário de muitos e muitos portugueses

Autoria e outros dados (tags, etc)

Indignados, ma non troppo

por Fernando Lopes, 28 Out 11


Um grande post no spectrum.

Autoria e outros dados (tags, etc)

levanta! levanta!

por Fernando Lopes, 20 Out 11


Os higienistas querem tudo segundo a sua cartilha. São palhaços de tendência revolucionária. O 15O chateou-os profundamente. Não seriam capazes de mobilizar 100.000 pessoas sem os autocarros, as sardinhadas, os lanches ou os artistas convidados. Eles andam aí, indignados com os indignados, mas cavalgando a onda de mudança. Revolucionários que acham que o máximo da masculinidade é ter estado num piquete de greve. São os gajos do senta! senta!, que fazem tudo by the book como aprenderam no Comité Central ou na Mesa Nacional. Apesar do respeito que me merece a história do PC, o tempo que vivemos já não é o do "centralismo democrático". É do individualismo libertário. Acusam-nos de não votarmos. Eu respondo que isso é jogar segundo as regras do inimigo. Ou lembrando um velho slogan @narca, "O voto é a arma do povo! Se votas ficas des@rmado!". Chegou o tempo não do senta! senta! mas do levanta! levanta!

Autoria e outros dados (tags, etc)

New York's Finest

por Fernando Lopes, 18 Out 11


A polícia de Nova Iorque é intitulada "New York's Finest", mas nem sempre é assim. Este jovem de 24 anos, ex-militar e oriundo de uma família de combatentes, dá um banho de civismo aos basbaques fardados à sua frente.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • Anónimo

    Tenho é que me manter nova:)~CC~

  • Fernando Lopes

    Isto era eu... :)

  • Anónimo

    Venha e será recebida de braços abertos. Vamos com...

  • Anónimo

    Plantei uma árvore, tive uma filha e escrevi um li...

Na boca do povo